Terror: 6 melhores reviravoltas em filmes do gênero

4 min de leitura
Imagem de: Terror: 6 melhores reviravoltas em filmes do gênero
Imagem: Draft House
Avatar do autor

Em especial nos filmes de terror, gênero no qual muitas produções se destacam pela previsibilidade e pouca originalidade narrativa, o plot twist é o grande momento capaz de consagrar ou afundar definitivamente o projeto. O recurso, que testa a criatividade dos idealizadores e a capacidade de chocar, talvez seja o grande artifício do horror em si, e muitos filmes conseguiram utilizá-lo com perfeição para exibir cenas memoráveis e, consequentemente, inesquecíveis.

Confira algumas das maiores reviravoltas apresentadas no cinema de terror, de acordo com opiniões de fãs no Reddit.

ATENÇÃO: MUITOS SPOILERS À FRENTE!

6. O Boneco do Mal

(Fonte: STX Films / Reprodução)(Fonte: STX Films / Reprodução)Fonte:  STX Films 

O Boneco do Mal está longe de ser um filme espetacular ou original, mas vale a pena mencionar a excelente sensibilidade do roteirista Stacey Menear para brincar com a percepção do espectador. Durante quase todo o filme, acreditamos que a babá Greta está cuidando de um boneco assombrado, no estilo Annabelle, e que Brahms é apenas um objeto possuído por alguma entidade demoníaca. Porém, no início do terceiro ato, a protagonista descobre que o verdadeiro Brahms vive dentro da casa e que o garoto, dado como morto, viveu por quase 20 anos em segredo, revelando-se em uma cena minimamente épica e intensa.

5. O Segredo da Cabana

(Fonte: Lionsgate / Reprodução)(Fonte: Lionsgate / Reprodução)Fonte:  Lionsgate 

Lançado em 2012 por Drew Goddard (Cloverfield: Monstro, Perdido em Marte), O Segredo da Cabana foi uma obra ambiciosa que parecia fazer apenas uma homenagem a clássicos do terror, contando a história de um grupo de amigos que passam a ser perturbados por mortos-vivos após irem para uma cabana isolada. Felizmente, em uma reviravolta digna de um gênio, o longa provou ser muito maior e revelou que os coprotagonistas estavam em uma espécie de reality show que planeja o apocalipse terrestre através de um ritual de sangue, com a chegada de demônios e o surgimento de monstros bizarros.

4. Os Outros

(Fonte: Miramax / Reprodução)(Fonte: Miramax / Reprodução)Fonte:  Miramax 

Clássico de 2001 estrelado por Nicole Kidman, Os Outros conta a história de Grace, deixada com seus filhos em uma enorme mansão após seu marido ser recrutado para a Segunda Guerra Mundial. Durante a trama, diversos eventos estranhos passam a ocorrer na casa e sugerem a existência de fantasmas, mas tudo não passa de uma proposta inversa e uma sacada ainda mais obscura. Na verdade, Grace e seus filhos são os fantasmas, e as aparições que surgem na casa são médiuns reais que tentam se comunicar com a protagonista.

3. Jogos Mortais

(Fonte: Lionsgate / Reprodução)(Fonte: Lionsgate / Reprodução)Fonte:  Lionsgate 

Uma das franquias de terror mais longas das últimas décadas, Jogos Mortais tornou-se o que é graças não apenas à violência gráfica ou ao complexo antagonista, mas principalmente por conta do espetacular — isso mesmo, espetacular — plot twist do primeiro filme. No final do filme, quando Lawrence se vê preso em um jogo e encontra, na decepação de sua perna, a única solução para escapar, o público descobre que o cadáver ao seu lado era o vilão Jigsaw o tempo inteiro e que ele estava só observando as escolhas do refém sobre a vida e a morte de todos os relacionados ao game doentio. Isso tudo praticamente no último segundo do longa.

2. O Convite

(Fonte: Draft House / Reprodução)(Fonte: Draft House / Reprodução)Fonte:  Draft House 

O Convite, de Karyn Kusama (The Outsider, Garota Infernal), pode ser um filme lento e atmosférico, mas é um terror psicológico que entrega muito mais do que propõe. Durante uma reunião com antigos amigos, Will (Logan Marshall-Gree) começa a perceber que os anfitriões estão se comportando de forma muito estranha, revivendo assuntos suspeitos e sugerindo questionamentos duvidosos. A dupla de plot twists acontece após o jantar, quando é revelado, inicialmente, que o convite era para a realização de um sacrifício coletivo, e que praticamente todas as casas vizinhas estavam praticando as oferendas humanas e rituais naquela mesma hora, quando lanternas vermelhas simbolizam a morte.

1. O Sexto Sentido

(Fonte: SpyGlass / Reprodução)(Fonte: SpyGlass / Reprodução)Fonte: SpyGlass

No horror dramático O Sexto Sentido, conhecemos o psiquiatra Malcom (Bruce Willis), que atende o pequeno Cole (Haley Joel Osment) na tentativa de aliviar seus traumas envolvendo visões de "gente morta". As pistas sobre o que realmente ocorre com Cole são passadas de forma sutil e constroem uma previsibilidade "imprevisível", já que as respostas estavam lá, mas a excelência narrativa e de aprofundamento dos personagens não deixou o público perceber: se o garoto via gente morta, Malcom estava morto, então? Sim, ele estava, tendo sido assassinado por Vincent, um antigo paciente.

Menção honrosa: O Nevoeiro

(Fonte: MGM / Reprodução)(Fonte: MGM / Reprodução)Fonte:  MGM 

A menção honrosa desta lista vai para um final não apenas surpreendente, mas chocante, perturbador e de fazer qualquer um continuar vendo os créditos subindo enquanto reflete sobre a insignificância da vida humana. Inspirado no conto de Stephen King, O Nevoeiro conta a história de um grupo de moradores de uma cidade que se isolam no supermercado devido ao surgimento de uma densa névoa... repleta de monstros lovecraftianos.

No final do filme, quando David (Thomas Jane) escapa do local em um veículo com seu filho e com um grupo de habitantes, o carro estraga e para no meio da estrada e da névoa. Sem esperança de vida, o motorista pega uma arma com quatro balas e entrega uma para cada um dos passageiros para que eles se matam. No mesmo instante, quando David é o único vivo, um grupo de militares surge para resgatá-los e a névoa instantaneamente desaparece, mas já é tarde demais.

Você se lembra de uma reviravolta incrível em algum filme de terror? Deixe sua sugestão nos comentários!