5 curiosidades do clássico O Estranho Mundo de Jack

3 min de leitura
Imagem de: 5 curiosidades do clássico O Estranho Mundo de Jack
Imagem: Walt Disney Studios/Divulgação
Avatar do autor

Lançado em 29 de outubro de 1993, O Estranho Mundo de Jack é uma das animações mais populares com a técnica stop-motion. Com visual e roteiro fora dos padrões, o musical criado por Tim Burton conquistou diversos fãs.

Filme obrigatório para ser assistido durante o Halloween — e o Natal —, esse clássico do Walt Disney Studios tem várias curiosidades. A seguir, conheça algumas histórias interessantes dos bastidores do longa-metragem.

Henry Selick e Tim Burton ao lado de um dos cenários do filme.Henry Selick e Tim Burton ao lado de um dos cenários do filme.Fonte:  Walt Disney Studios/Divulgação 

1. Tim Burton não é o diretor da animação

Apesar de ser a mente criativa por trás da obra, Tim Burton não é o diretor de O Estranho Mundo de Jack. Ocupado com as gravações de Batman: O Retorno (1992), o cineasta convidou o colega Henry Selick para assumir a direção do projeto da Disney.

Depois do sucesso da animação, Selick se tornou um especialista em stop-motion. James e o Pêssego Gigante (1996) e Coraline e o Mundo Secreto (2009) são alguns dos destaques da filmografia do diretor.

Desenho original de Burton usado para ilustrar o poema “The Nightmare Before Christmas”.Desenho original de Burton usado para ilustrar o poema “The Nightmare Before Christmas”.Fonte:  Tim Burton/Reprodução 

2. História baseada em um poema

Burton trabalhou como animador da Disney no início dos anos 1980. Na época, o artista escreveu diversos conceitos para futuros curtas, incluindo o poema “The Nightmare Before Christmas" (“O Pesadelo Antes do Natal”, em tradução livre).

A história era uma paródia do livro Uma Visita de São Nicolau (1833), do norte-americano Clement Clarke Moore. O popular conto natalino também é conhecido como “The Night Before Christmas” (“A Noite Antes do Natal”, em tradução livre).

Escrito em 1982, o poema/paródia tinha foco no tédio que dominava o protagonista Jack Skellington. Além disso, o pequeno conto apresentava o cão fantasma Zero e o plano de sequestro do Papai Noel.

Mais de 250 bonecos foram usados durante a produção do longa.Mais de 250 bonecos foram usados na produção do longa.Fonte:  Walt Disney Studios/Divulgação 

3. A animação demorou 3 anos para ser finalizada

Como outras animações em stop-motion, O Estranho Mundo de Jack teve uma extensa e demorada produção. Ao todo, o projeto contou com 120 profissionais e cerca de 17 animadores para a criação dos 75 minutos de filme.

O longa-metragem foi rodado com 24 quadros por segundo, então os artistas tinham de ajustar a posição dos personagens 24 vezes para fotografar as movimentações e criar apenas um segundo de cena. Nesse ritmo de trabalho, 1 minuto do filme exigia 1 semana inteira de filmagens. Ao final do projeto, foram usados 109.440 quadros, 277 bonecos e 20 cenários individuais.

Burton no estúdio do músico Danny Elfman.Burton no estúdio do músico Danny Elfman.Fonte:  Disney Enterprises/Divulgação 

4. As canções foram escritas antes do roteiro

O músico Danny Elfman, líder da banda Oingo Boingo, foi convidado para compor as músicas da animação. Contudo, grande parte do material foi criada antes de o roteiro ser finalizado. As referências do artista eram apenas as descrições e alguns rascunhos das cenas imaginadas por Burton, com base no que ele escreveu as canções que fazem parte do musical animado.

Além de ser o compositor da trilha sonora, Elfman interpretou Jack Skellington em várias partes da versão original do longa. E o ator Chris Sarandon foi responsável por dar voz ao personagem nos momentos não musicais.

Jack Skellington em um dos momentos assustadores do filme.Jack Skellington em um dos momentos assustadores do filme.Fonte:  Walt Disney Studios/Divulgação 

5. O Estranho Mundo de Jack é um filme de Halloween

Apesar das referências constantes ao Natal, O Estranho Mundo de Jack é, de fato, um filme sobre Halloween. Curiosamente, a ideia para a união das duas datas teve início na infância de Burton. O cineasta cresceu em Burbank, uma cidade ensolarada na Califórnia com pouca variação de temperatura entre as estações, então o jovem acompanhava a passagem do tempo ao longo do ano pelas decorações das lojas.

Ao ver que os enfeites de Halloween e de Natal se misturavam no último trimestre do ano, o artista desejou escrever uma história sobre o encontro desses “dois mundos”. Anos mais tarde, isso se tornou realidade com a animação.

Burton vetou as possíveis continuações da história.Burton vetou possíveis continuações da história.Fonte:  Walt Disney Studios/Divulgação 

Bônus: continuação em CGI “cancelada”

Após o sucesso de O Estranho Mundo de Jack, a Disney planejava uma sequência em computação gráfica com lançamento direto em home video. Entretanto, o projeto com Jack Skellington visitando outras datas comemorativas foi rejeitado por Burton. “Sempre fui muito zeloso em relação a fazer uma continuação. Sinto que o filme original tinha uma pureza, e isso fez as pessoas gostarem dele. Então, tento respeitar os fãs e manter a originalidade do material o máximo possível”, disse o criador à MTV em 2006.

Qual é seu personagem preferido de O Estranho Mundo de Jack? Conte para a gente nos comentários.

Assista O Estranho Mundo de Jack no Disney+

Imagem: Conheça o Disney+
Imagem: Tecmundo Recomenda

Conheça o Disney+

O streaming conta com os clássicos e lançamentos da Disney, Pixar, Marvel, Star Wars, National Geographic e muito mais. Assista séries e filmes exclusivos!