HBO Max deverá lançar pelo menos dez filmes originais em 2022

1 min de leitura
Imagem de: HBO Max deverá lançar pelo menos dez filmes originais em 2022
Imagem: HBO Max/Reprodução
Avatar do autor

De acordo com o que Jason Kilar, CEO da WarnerMedia, anunciou recentemente, o streaming HBO Max pretende produzir e lançar pelo menos dez filmes originais em 2022. A informação foi compartilhada durante uma conferência relacionada aos lucros do segundo trimestre da AT&T, a proprietária da WarnerMedia.

Além dos trabalhos práticos dos longas, o plano prevê ainda que os filmes sejam lançados nos cinemas do mundo inteiro para que os espectadores tenham outras janelas de exibição disponíveis antes de chegarem à plataforma. "Claramente, o cinema importa e continuará a importar", ressaltou Kilar.

"Eles também são muito importantes na casa dos consumidores, sobretudo por conta da resposta que recebemos na sequência”, disse ele. O executivo também acredita que a indústria cinematográfica continuará aquecida, apesar da pandemia do coronavírus, inovando e evoluindo em suas maneiras de narrar, além de estar disponível em outros formatos de distribuição.

“Essas questões continuarão a ressoar não apenas com o público, mas também para os nossos parceiros de negócios”, argumentou.

Catálogo de filmes do HBO Max está recheado de grandes sucessos do cinema. (HBO Max/Reprodução)Catálogo de filmes do HBO Max está recheado de grandes sucessos do cinema. (HBO Max/Reprodução)Fonte:  HBO Max 

Apesar do otimismo do CEO da WarnerMedia, detalhes adicionais sobre essas novas produções ainda não foram divulgados. Contudo, desde o ano passado, o HBO Max vem adotando um modelo de lançamentos que contempla a estreia de diversos filmes nos cinemas, que, logo em seguida, chegam ao streaming.

HBO Max: saiba mais sobre a produção de filmes originais na plataforma

Ainda durante a reunião com outros executivos da AT&T, Jason Kilar voltou a destacar o atual modelo de negócios que a WarnerMedia tem adotado com seus filmes. O CEO da empresa elogiou a receita que Godzilla vs. Kong gerou após seu lançamento mundial — chegando a $ 463,2 milhões (cerca de R$ 2,4 bi). O longa ficou disponível no HBO Max recentemente.

Dessa forma, Kilar acredita que esse seja um bom exemplo a ser seguido pela WarnerMedia no futuro, sobretudo por conta dos lucros que são obtidos a partir disso. A expectativa é que a nova sequência de Evil Dead Rise, por exemplo, seja lançada pelo streaming no próximo ano nesse mesmo formato.

Vamos aguardar por mais novidades!

Fontes