Homem-Aranha 3: Alfred Molina fala sobre o seu retorno à franquia

2 min de leitura
Imagem de: Homem-Aranha 3: Alfred Molina fala sobre o seu retorno à franquia
Imagem: Imdb/Reprodução
Avatar do autor

A trilogia do Homem-Aranha com Tobey Maguire é ainda uma das produções mais marcantes entre as adaptações de quadrinhos. E parte disso se deve ao filme Homem-Aranha 2, de 2004. Agora Alfred Molina, interprete do vilão Doutor Octopus, anunciou que estava de volta para Spider-Man: No Way Home, depois que o segredo da sua presença acabou vazando.

“Quando estávamos filmando, estávamos todos sob ordens de não falar sobre isso, porque era para ser um grande segredo”, disse Molina em entrevista à Variety. “Mas, você sabe, está tudo na internet. Na verdade, eu descreveria esse como o segredo mais mal guardado de Hollywood”.

Durante as conversas, Molina perguntou a Jon Watts, o diretor de No Way Home, como seria possível ter o Octopus de volta, já que ele morre no final de Homem-Aranha 2. Molina comentou que o diretor lhe respondeu apenas: “Neste universo, ninguém realmente morre”.

Doutor Octopus na icônica luta no metrô, em 'Homem-Aranha 2'.Doutor Octopus na icônica luta no metrô, em 'Homem-Aranha 2'.Fonte:  IMDb/Reprodução 

Molina também comentou sobre como foi reprisar um personagem como o Doutor Octopus, depois de quase duas décadas. E, principalmente, como seria fazer um vilão sem ter a mesma agilidade que ele tinha em 2004, nem a mesma aparência.

“Foi maravilhoso”, disse ele. “Foi muito interessante voltar depois de 17 anos para desempenhar o mesmo papel, visto que, depois de tanto tempo, agora tenho dois queixos, uma papada, pés de galinha e uma parte inferior das costas ligeiramente desajeitada”.

“Watts apenas olhou para mim e disse: 'Você viu o que fizemos com Robert Downey Jr. e Samuel L. Jackson?'”, continuou Molina falando sobre a resposta do diretor. Tanto Downey Jr. quanto Jackson tiveram os rostos rejuvenescidos para interpretar seus personagens mais jovens. Porém, a preocupação de Molina era mais com as cenas de ação.

“Eles deixaram o rosto de Robert De Niro mais jovem [em O Irlandês], mas quando ele estava lutando, ele parecia um cara mais velho”, disse Molina. “Ele parecia um velho! Isso é o que me preocupou em fazer de novo. Não tenho a mesma agilidade de 17 anos atrás. E Isso é um fato".

Porém, Molina percebeu que seria possível contornar isso, graças aos poderes do Octopus. “Então lembrei que são os tentáculos que fazem todo o trabalho. Meu movimento físico básico como Doutor Octopus, como ator, é apenas isso” completou o ator, enquanto olhava intensamente para a câmera e fazia um barulho ameaçador durante a entrevista. “Eu simplesmente faço isso, e os braços estão matando, quebrando e atacando".

O terceiro filme do Homem-Aranha protagonizado por Tom Holland chega aos cinemas no final de 2021.

Fontes

Homem-Aranha 3: Alfred Molina fala sobre o seu retorno à franquia