Raya e o Último Dragão: o que os críticos estão dizendo

3 min de leitura
Imagem de: Raya e o Último Dragão: o que os críticos estão dizendo
Imagem: IMDb/Reprodução
Avatar do autor

Raya e o Último Dragão é a nova animação da Disney, que estreia neste final de semana em algumas salas de cinema e no catálogo do Disney+ (com um custo adicional de R$ 69,90 via assinatura Premier Access). O filme tem direção de Don Hall (Moana: Um Mar de Aventuras) e Carlos Lopez Estrada (Ponto Cego), e conta com dublagem de Kelly Marie Tran e Awkwafina no original.

Atualmente com 94% de aprovação dos críticos, segundo o Rotten Tomatoes, abaixo você pode conferir as principais reações ao filme.

Embora repita muitas das fórmulas de 'Moana', o filme foi bem recebido pelos críticos.Embora repita muitas das fórmulas de 'Moana', o filme foi bem recebido pelos críticos.Fonte:  IMDb/Reprodução 

Collider - Matt Goldberg

O filme nos fala inúmeras vezes sobre a importância da confiança. O mundo de Raya desmoronou porque ninguém confia um no outro, e Sisu constantemente pressiona Raya a confiar nas outras pessoas. Obviamente, a Disney e seus filmes infantis de animação não abordariam esse tema muito a fundo, mas a mensagem sobre "confiar nas pessoas" ainda parece simplista demais, apesar de suas boas intenções.

ComicBook - Nicole Drum

É a riqueza de detalhes e a realidade de Raya e o Último Dragão, que torna o filme um deleite tão envolvente, mas as atuações do impressionante elenco totalmente asiático (exceto por Alan Tudyk como Tuk Tuk) também merecem destaque. No geral, Raya e o Último Dragão oferece tudo o que os espectadores podem desejar, não apenas em um filme da Disney, mas em um filme em geral. Cheio de cultura, nuances, bela animação e boas performances, a mensagem de confiança e esperança que parece muito mais oportuna do que nunca, faz deste um dos melhores filmes do estúdio em anos.

ScreenCrush - Matt Singer

Raya e o Último Dragão exploram todas as cinco regiões de Kumandra, e cada uma contém criaturas com um design atraente, locais vívidos e fantasias incríveis. O cenário e as apostas estão ambos tanto nos adultos quanto nas crianças. Além disso, as muitas semelhanças entre Raya, Mulan e Moana sugerem que a Disney desenvolveu uma nova fórmula para seus contos de fadas, que enfatiza princesas guerreiras. Nesse caso, pelo menos, a fórmula funciona.

Empire - Ben Travis

Os diretores, Don Hall e Carlos López Estrada, apresentam sequências de luta impressionantes. Raya é um filme familiar com elementos de blockbuster de ação genuínos e com uma qualidade técnica impecável. Mas nem tudo é original, e há muitas referências a Frozen II e Moana. Apesar disso, e com sua temática sobre união e aprender a confiar uns nos outros novamente, Raya está perfeitamente planejado para a era Biden-Harris. Se há um herói de que precisamos agora, é aquele como foco na bondade.

IndieWire - Kate Erbland

Quando eram apenas crianças, Raya e Namaari foram unidos por seu amor pelos dragões e, embora essa afeição tenha sido distorcida ao longo dos anos, ainda pode ser a chave para resolver inúmeros conflitos. Isto posto, à medida que as princesas da Disney evoluem, da introdução de novatas como Moana à contínua popularidade de clássicos como Tiana e Mulan, Raya e o Último Dragão é um excelente exemplo de como este grupo ainda tem espaço para crescer.

THR - Inkoo Kang

O desempenho perfeito de Kelly Marie Tran torna orgânico até mesmo os detalhes mais pesados da personagem, enquanto Awkwafina continua a ser mestre em encontrar o humor nos diálogos mais monótonos, por meio de leituras inusitadas. Raya e o Último Dragão ocasionalmente rasteja, mas na maioria das vezes tem urgência e impulso de sobra. Tão impressionante quanto, o filme chega a um clímax profundamente comovente, cuja resolução é inesperada, mas bem concluída. Este é um filme que sabe voar alto.

ScreenRant - Molly Freeman

Certamente é um bom filme para toda a família, para crianças e adultos, mas aqueles que gostaram das animações da Disney nos últimos anos, com certeza irão se divertir e se emocionar mais. Com uma animação ricamente detalhada, ação comovente e uma história convincente sobre confiança, Raya e o Último Dragão tem todos os ingredientes de um clássico moderno da Disney.

Variety - Peter Debruge

Em Raya e o Último Dragão, Don Hall e Carlos López Estrada fazem questão de visitar todas as regiões do mapa, dando a cada uma delas, aparência e mitologia distintas. O resultado dá ao filme a sensação de um épico condensado de Tolkien. Grande parte da narrativa é desajeitada ou apressada, mas a importante mensagem do filme sobre união e confiança ainda prevalecem, graças ao final tão verdadeiramente satisfatório que os cineastas construíram.

Imagem: Assine o Disney Plus
Imagem: Tecmundo Recomenda

Assine o Disney Plus

Para assistir Falcão e o Soldado Invernal e muito mais do universo Marvel, Star Wars, Pixar e National Geographic. Tudo isso por apenas R$ 27,90/mês.

Raya e o Último Dragão: o que os críticos estão dizendo