A Glitch in the Matrix: documentário debate a teoria da simulação

1 min de leitura
Imagem de: A Glitch in the Matrix: documentário debate a teoria da simulação
Imagem: Magnolia Pictures/Divulgação
Avatar do autor

Inspiradas no filme Matrix (1999) e em teorias sobre o tema, muitas pessoas acreditam estarem vivendo em uma simulação de computador. Tentando entender os motivos que as levam a crer em tal hipótese, o diretor Rodney Ascher procurou algumas delas em busca de respostas, conversas que foram reunidas no documentário A Glitch in the Matrix, lançado nesta sexta-feira (5) nos Estados Unidos.

Uma das pessoas retratadas pela produção é Joshua Cooke, um americano que matou os pais em 2003, quando tinha 19 anos de idade e acreditava viver em uma realidade simulada. Entre aqueles com crença semelhante está o bilionário Elon Musk, também mencionado na obra, que em algumas ocasiões já comentou ter certeza sobre estarmos em uma simulação.

O filme traz ainda a palavra de especialistas e amadores detalhando suas impressões sobre o tema, além de entrevista com o pesquisador e filósofo Nick Bostrom, cujo artigo escrito no início dos anos 2000 deu contornos mais modernos à teoria da simulação. O cineasta também relembra uma famosa palestra do escritor Philip K. Dick registrada na década de 1970, explicando suas visões sobre a realidade.

Por enquanto, A Glitch in the Matrix só está sendo exibido nos cinemas e em algumas plataformas digitais nos Estados Unidos. Mas em breve, o documentário também deve estar disponível por streaming em mais países.

Outros trabalhos do diretor

Esta não é a primeira vez que Ascher abre espaço para que os defensores de teorias polêmicas tentem se explicar. Ao longo de sua carreira, o cineasta lançou documentários semelhantes, como Room 237 (2012), no qual aborda as diferentes teorias criadas pelos fãs do clássico O Iluminado, de Stanley Kubrick.

Já em The Nightmare (2015), o tema é a paralisia do sono, fenômeno em que as pessoas ficam temporariamente presas entre o sono e o despertar, sem conseguir se mover, falar ou ter outras reações, podendo gerar cenários aterrorizantes.

A Glitch in the Matrix: documentário debate a teoria da simulação