Ryan Coogler escreve carta emocionante para Chadwick Boseman

1 min de leitura
Imagem de: Ryan Coogler escreve carta emocionante para Chadwick Boseman
Imagem: IMDb/Reprodução
Avatar do autor

Na última sexta-feira (28), o mundo da cultura pop foi abalado com a notícia da precoce morte de Chadwick Boseman. Responsável por viver o rei T'Challa em Pantera Negra, o ator foi vítima de um câncer de cólon, aos 42 anos.

No domingo (30), o diretor do filme, Ryan Coogler, divulgou uma carta prestando tributo ao ator e lembrando de como foi trabalhar com Boseman. Coogler lamentou que passou "o último ano preparando, imaginando e escrevendo palavras para ele dizer, as quais não fomos destinados a ver", em Pantera Negra 2.

Coogler lembrou ainda que decidiu trabalhar no filme após ver uma cena em que Boseman atuava com John Kani e que ambos falam Xhosa — um dos idiomas oficiais da África do Sul. O diretor também destacou que partiu do ator a ideia para que os personagens falassem com sotaque africano.

O diretor ainda comentou sobre como Boseman encarava Pantera Negra como um marco na história do cinema e da cultura pop para os negros.

“Ele era uma pessoa especial”, destacou Coogler. “Costumamos falar sobre herança e o que significa ser africano. Ao se preparar para o filme, ele refletia sobre cada decisão, cada escolha, não apenas em como isso se refletiria em si mesmo, mas como essas escolhas poderiam repercutir. ‘Eles não estão prontos para isso, o que estamos fazendo… Esse filme é Star Wars, é O Senhor dos Anéis, mas para nós... e é maior!’”.

Chadwick Boseman e Ryan Coogler em 'Pantera Negra'Chadwick Boseman e Ryan Coogler em 'Pantera Negra'Fonte:  IMDb/Reprodução 

O futuro do Pantera Negra do MCU

Até o momento, o Marvel Studios não se pronunciou sobre como irá guiar o futuro do personagem no cinema. As duas possibilidades que foram apontadas e que devem ser as mais prováveis, seria passar o trono de Wakanda para Shuri (Letitia Wright), irmã de T'Challa, ou ressuscitar Killmonger (Michael B. Jordan).

Pantera Negra 2 está previsto para estrear no dia 5 de maio de 2022, porém, é possível que seja adiado.

Ryan Coogler escreve carta emocionante para Chadwick Boseman