Oscar 2021: Academia decide adiar evento para abril

1 min de leitura
Imagem de: Oscar 2021: Academia decide adiar evento para abril
Avatar do autor

A 93ª edição do Oscar, prevista para acontecer no dia 28 de fevereiro de 2021, foi adiada para  25 de abril de 2021. A informação foi divulgada pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, através de um comunicado assinado por David Rubin e Dawn Hudson, presidente e diretor-executivo da Academia, respectivamente. Além disso, o período de elegibilidade para os filmes também foi adiado, passando de 31 de dezembro de 2020, para 28 de fevereiro de 2021.

Oscar 2021 adiado

Está será a quarta vez que uma cerimônia do Oscar será adiada. A primeira aconteceu em 1938, por conta de uma inundação que destruiu boa parte de Los Angeles. Em 1968, o evento foi adiado por conta do assassinato de Martin Luther King Jr., enquanto que, em 1981, a causa foi a tentativa de homicídio do presidente Ronald Reagan.

No comunicado, Rubin e Hudson destacaram a importância do cinema para momentos conturbados, como os que a humanidade enfrenta por conta da pandemia do novo coronavírus. Eles também ressaltaram que a medida visa não prejudicar os diretores, que não terão como finalizar seus filmes nas datas planejadas.

“Há mais de um século, os filmes têm desempenhado um papel importante, nos confortando, inspirando e entretendo nos tempos mais sombrios”, disse o comunicado. “Eles certamente têm [feito isso] este ano. Nossa esperança, ao estender o período de elegibilidade e a data de entrega de nossos prêmios, é proporcionar a flexibilidade que os cineastas precisam para terminar e lançar seus filmes sem serem penalizados por algo além do controle de qualquer um”.

Spike Lee entregado o Oscar de melhor direção para Bong Joon Ho - 2020Spike Lee entregado o Oscar de melhor direção para Bong Joon Ho - 2020Fonte:  IMDb/Reprodução 

Exceção para streaming

A Academia também irá mudar as regras para filmes lançados diretamente em serviços de streaming. O objetivo é não prejudicar produções que chegarão às plataformas como Netflix ou Amazon Prime Video, antes dos cinemas. A mudança, porém, exige que os filmes já possuam uma data para estrear em circuito comercial nas cidades de Los Angeles, Nova York, São Francisco, Chicago, Miami e Atlanta.

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Oscar 2021: Academia decide adiar evento para abril