Fãs de K-Pop apoiam protestos nos EUA de forma inusitada

1 min de leitura
Imagem de: Fãs de K-Pop apoiam protestos nos EUA de forma inusitada
Avatar do autor

Em meio aos protestos contra o racismo nos Estados Unidos, fãs de K-Pop estão postando vídeos e fotos de artistas do gênero musical acompanhados de hashtags como #BlueLivesMatter (criada em defesa de policiais norte-americanos) e #MAGA (sigla para Make America Great Again) para atrapalhar iniciativas contra os protestos nos EUA.

As postagens tiveram início neste domingo (30), após o Departamento de Polícia de Dallas pedir que a população enviasse vídeos de protestos por meio de um aplicativo específico. O grupo de fãs respondeu à solicitação com diversos fancams, prática que consiste na divulgação de vídeos curtos de artistas do K-Pop. Pouco tempo depois, o departamento tirou o aplicativo do ar.

Nesta segunda-feira (1), o Departamento de Polícia de Kirkland, em Wasinghton, pediu que seguidores utilizassem a hashtag #calminkirkland para denunciar protestos e tumultos na cidade.

No entanto, o departamento foi respondido com uma enxurrada de fancams. Com isso, as postagens no Twitter estão diminuindo a visibilidade de conteúdos relacionados às hashtags — que, quando procuradas no site, mostram uma série de vídeos e fotos de grupos musicais como BTS.

Embora a polícia dos Estados Unidos tenha respondido aos protestos com toques de recolher e violência, as manifestações ainda estão acontecendo não só em território norte-americano, mas também no Brasil e em outros países.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Fãs de K-Pop apoiam protestos nos EUA de forma inusitada