Doom Eternal poderá rodar com até 1.000 FPS, diz desenvolvedor

1 min de leitura
Imagem de: Doom Eternal poderá rodar com até 1.000 FPS, diz desenvolvedor
Avatar do autor

De acordo com o desenvolvedor chefe da engine id Tech 7, Billy Kahn, Doom Eternal poderá ser executado com o máximo de mil quadros por segundo. Essa taxa de quadros é quatro vezes superior ao que a id Tech 6, engine de Doom 2016, conseguia alcançar.

Game preparado para hardware do futuro

Segundo Khan, a engine id Tech 7 recebeu melhorias para tirar proveito de processadores com vários núcleos. A id Tech 6 já usava as várias threads de CPUs multinúcleos, porém o aproveitamento ainda era baixo, principalmente devido ao problema de alta latência. A nova engine, no entanto, resolveu esse problema.

Na id Tech 7, o sistema de tarefas foi reescrito para usar todas as threads de uma forma mais eficiente, promovendo ganhos de desempenho desde CPUs mais antigas até hardware que possivelmente ainda não foi lançado.

Veja o trailer de Doom Eternal:

Com o hardware certo, os jogadores poderão atingir até 1.000 FPS, enquanto que o Doom 2016 alcançava no máximo 250 FPS.

Efeitos visuais incríveis

O novo Doom também trará novos efeitos visuais, com foco nas explosões. O sistema de partículas foi melhorado e direcionado para utilizar o poder de processamento das GPUs, o que dá margem para que os efeitos sejam mais complexos, mantendo o desempenho: o jogo terá efeitos mais avançados, rodando a 60 Hz e sem impactar no desempenho geral do game.

Essa estratégia também favorece que o jogo atinja os mil quadros por segundo, o que o tornará um game com vida útil bem longa.

Lançamento dia 20 de março

Doom Eternal está programado para ser lançado no dia 20 de março para PC, PlayStation 4, Xbox One e Google Stadia.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Doom Eternal poderá rodar com até 1.000 FPS, diz desenvolvedor