Star Wars: produção da série de Obi-Wan foi adiada para 2021

2 min de leitura
Imagem de: Star Wars: produção da série de Obi-Wan foi adiada para 2021
Avatar do autor

De acordo com o Collider, a prometida série de Obi-Wan Kenobi no Disney+ foi adiada, com produção para início apenas em janeiro de 2021. O site recebeu a informação de duas fontes diferentes, as quais ainda confirmaram que a equipe do título havia sido liberada após reunião nos estúdios de Pinewood, em Londres. Além disso, durante a premiere de Aves de Rapina, o ator Ewan McGregor confirmou ao ComicBook a nova data.

Segundo os rumores, Kathleen Kennedy, presidente da Lucasfilm e produtora da atração, não estaria satisfeita com os roteiros da história e, então, esse seria o motivo para a mudança de planos. As fontes ainda apontaram que os roteiros ainda devem ser editados ou totalmente refeitos.

Assim, foi sugerido que Kennedy teria a intenção de garantir a qualidade do título, antes mesmo de iniciar as gravações, talvez por ser uma das séries mais esperadas pelos fãs da franquia Star Wars. Ainda não há maiores detalhes, como se Deborah Chow (The Mandalorian) e Hossein Amini (Drive) — respectivamente, diretora e roteirista — continuarão no comando da produção.

Kathleen Kennedy, presidente da Lucasfilm. (Fonte: IMDb)

A trama do Disney+ marcaria o retorno de McGregor (Doutor Sono, Fargo) no papel do Mestre Jedi, interpretado na trilogia prequel da saga Star Wars. A atração seria ambientada em Tatooine, oito anos após os eventos de Star Wars III: A Vingança dos Sith, e focada no personagem em exílio, responsável também pela segurança do pequeno Luke Skywalker.

Durante o evento D23 Expo 2019, a executiva oficialmente revelou os planos de uma série focada em Obi-Wan, com o ator no palco para confirmar o retorno ao personagem. Nesse anúncio, ele demonstrou animação em reprisar o papel e disse, inclusive, que manteve segredo sobre o assunto por anos. Além disso, admitiu que o projeto foi inicialmente idealizado como um filme derivado, porém, com a chegada do Disney+,seria possível desenvolver a história de modo mais apropriado.

Evento da D23 Expo 2019, no qual foi confirmado o retorno de McGregor no papel de Obi-Wan. (Fonte: Cheat Sheet)

Produções problemáticas

Vale apontar que a Lucasfilm tem um histórico de produções “problemáticas”. Rogue One: Uma História Star Wars foi reescrita durante as filmagens e teve seu diretor trocado. Han Solo: Uma História Star Wars também passou por mudança de direção, com a saída de Phil Lord e Chris Miller (Uma Aventura Lego), devido a “diferenças criativas”; mais tarde, Ron Howard (Arrested Development, O Código Da Vinci) assumiu o posto.

Star Wars IX: A Ascensão Skywalker, foi um dos filmes mais retrabalhados da franquia. Inicialmente roteirizado por Colin Trevorrow (Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros), que comandaria o episódio final, o projeto também foi abandonado por “diferenças criativas”; depois J. J. Abrams foi chamado para conclui-lo. Com isso, o capítulo final passou por várias alterações no enredo.

Esse conturbado histórico fez com que Star Wars IX: A Ascensão Skywalker tivesse a pior recepção da crítica dentre todos os filmes da saga. Mas, possivelmente ao reconhecer os erros passados, Kennedy deve estar focada em identificar problemas de bastidores e em entregar a melhor versão da série do famoso Mestre Jedi — o qual possui grande potencial, inclusive de unir as trilogias e expandir o universo da franquia.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Star Wars: produção da série de Obi-Wan foi adiada para 2021