Star Wars: J.J. Abrams não deve voltar a trabalhar com a franquia

1 min de leitura
Imagem de: Star Wars: J.J. Abrams não deve voltar a trabalhar com a franquia
Avatar do autor

J.J. Abrams foi responsável pelo primeiro capítulo da atual trilogia de Star Wars. Seu papel era apenas dar início para a parte final da saga, resgatando a história, os personagens e o hype dos fãs, e, então, passar o bastão para outros diretores. Porém, o cineasta retorna para encerrar a saga Skywalker, no que deve ser seu último filme da franquia, novamente.

À Variety, o diretor comentou que desta vez a despedida é para valer. Abrams comentou que trabalhar com a equipe foi uma oportunidade muito agradável, mas que irá seguir outros caminhos, mesmo sendo triste ter que se despedir das pessoas que o ajudaram a construir a parte final da saga.

“Essa equipe, esse elenco, foi o mais incrível que eu já conheci e, por isso, sinto muita sorte de ter voltado, e triste por não trabalhar mais com eles. Desta vez, eu sei, eu terminei e eu posso sentir isso”, disse Abrams para a Variety.

J.J. Abrams e Daisy Ridley nos bastidores de Star Wars: O Despertar da Força - 2015 (Fonte: IMDb/Reprodução)
J.J. Abrams e Daisy Ridley nos bastidores de Star Wars: O Despertar da Força - 2015 (Fonte: IMDb/Reprodução)

Novos rumos

Recentemente, a Warner assinou um contrato com a Bad Robots, produtora de Abrams, por cinco anos. Embora não tenha sido revelado qual o projeto que ela será responsável por comandar, alguns rumores indicam que pode ser um reboot do Super-Homem. Caso a informação seja confirmada, isso impediria que Abrams conseguisse se envolver em outra produção da Lucasfilm antes de 2025.

Star Wars: A Ascensão Skywalker chega aos cinemas no dia 19 de dezembro.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Star Wars: J.J. Abrams não deve voltar a trabalhar com a franquia