5G chegando: veja o que executivos do cinema e TV esperam da tecnologia

1 min de leitura
Imagem de: 5G chegando: veja o que executivos do cinema e TV esperam da tecnologia
Avatar do autor

Com a rede 5G já em operação na China, executivos da indústria cinematográfica de vários países discutiram recentemente qual seria o impacto da tecnologia no setor durante o “Chinese American Film and TV’s Festival” — evento anual realizado na Califórnia, dedicado a produções de ambos os países. Especificamente, em uma reportagem do site Variety, alguns desses profissionais revelaram suas opiniões em termos de distribuição, alcance e até mesmo inspiração para novas obras daqui para frente.

O conteúdo que costumava levar 40 minutos para baixar agora leva apenas três minutos, graças ao 5G

“O conteúdo que costumava levar 40 minutos para baixar agora leva apenas três minutos, graças ao 5G”, disse Jack Gao, CEO do app de streaming Smart Cinema. Ele inclusive apontou que espera um futuro com maior distribuição de filmes via serviços móveis. “Bem-vinda, tecnologia. Quer você goste ou não, (ela) está chegando”, completou.

Ainda nesse sentido, o norte-americano Andre Morgan, presidente de uma produtora chamada Ruddy Morgan Productions, fez a seguinte declaração ao site: “quanto mais as tecnologias evoluem, mais amplo o público. Para o setor, acho positivo, porque você tem a oportunidade de atingir um público muito maior do que se poderia imaginar 30, 40 anos atrás.”

Além de dominar 5G, China tem longa tradição em produções cinematográficas de vários gêneros. No destaque, o filme Terra à Deriva, de 2019. (Fonte: IMDb)

Já Stu Levy, fundador da distribuidora japonesa de animes TokyoPop, disse que o 5G e novos apps devem também moldar a estética e sensibilidade de novas produções. “Se eu fosse um jovem cineasta hoje, o primeiro lugar que eu estaria olhando seria o TikTok”; “É sempre o lugar onde os jovens e seus movimentos são relevantes para a cultura pop” apontou.

Chegada do 5G na China

A tecnologia chegou à China neste mês por meio das operadoras estatais China Unicom, China Mobile e China Telecom. Com isso, o país abriga agora a maior rede 5G do mundo. A implantação do sistema, dominado pela Huawei, estava prevista apenas para 2020, no entanto pressões da guerra comercial com os Estados Unidos aceleraram o processo.

Presente em 50 cidades chinesas, o 5G também deve impulsionar o segmento cinematográfico do país, que inclusive carrega uma longa tradição em diferentes gêneros. Isso deve ser ainda significativo quanto à inclusão de novos equipamentos de produção e consumo de conteúdo.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
5G chegando: veja o que executivos do cinema e TV esperam da tecnologia