Disney+ deixará downloads de filmes até se eles saírem do serviço

1 min de leitura
Imagem de: Disney+ deixará downloads de filmes até se eles saírem do serviço
Avatar do autor

O Disney+ é o serviço de streaming mais aguardado de 2020, com um lançamento nos Estados Unidos marcado para o próximo mês de novembro. Com a proximidade do seu lançamento inicial, a empresa começou a dar mais informações sobre o serviço, como a de que os usuários não perderão os filmes e séries baixados, mesmo se os títulos forem retirados do catálogo.

Em uma conversa com o site CNET, o CEO da Disney, Bob Iger, revelou que o Disney+ terá uma função de download de títulos, assim como já fazem Netflix e Amazon Prime Video em seus aplicativos móveis. A vantagem será a de armazenar séries e filmes que possam já ter sido removidos do catálogo do serviço, que deve trazer rotatividade como seus rivais.

Fonte: Disney+/Reprodução

Segundo Iger, o usuário só precisa continuar como assinante do serviço para ter acesso aos filmes que baixou no seu dispositivo. Isso permitirá que eles possam ser assistido offline e a empresa não vai removê-los dos smartphones e tablets depois de um tempo.

Títulos saindo do ar

A remoção de filmes e séries do catálogo do Disney+ foi algo que pegou muita gente de surpresa, já que a própria Disney que vai administrar o serviço, mas faz sentido quando acordos feitos antes da criação dele começam a entrar em vigor. Um em especial deve retirar grandes lançamentos do estúdio e disponibilizá-los no rival Netflix.

Isso porque um contrato garantia a disponibilidade de filmes lançados entre 2016 e 2018 na Netflix daqui há 10 anos. Isso significa que títulos como "Pantera Negra", "Capitã Marvel", "Star Wars: Os Último Jedi", "Moana" e "Vingadores: Guerra Infinita" saiam do Disney+ para ficar um tempo na Netflix.

Cupons de desconto TecMundo:

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Disney+ deixará downloads de filmes até se eles saírem do serviço