Infelizmente, mais uma notícia ruim alcança os gamers mais saudosos: o Atari VCS foi adiado mais uma vez; no entanto, o projeto parece estar caminhando bem e o sistema receberá um “upgrade” antes de chegar às lojas.

O projeto, que foi anunciado em 2017, ainda não parece estar perto de chegar em sua versão final, visto que receberá uma mudança de CPU. Ainda sem muitos detalhes, o aparelho será equipado com um processador Ryzen (AMD) dual-core — com gráficos Radeon Vega — ainda não anunciado.

Os desenvolvedores do console, cientes de que a notícia não é boa, justificada a espera para que haja uma melhoria geral na performance do dispositivo — o que inclui uma melhora no sistema de resfriamento e diminuição na produção de ruído. Mudança que seria bem vinda, se não empurrasse a janela de lançamento para o último bimestre do ano ou até algum momento de 2020.

As antigas especificações do Atari VCS incluíam um CPU Bristol Bridge A10, 4 GB de RAM DDR4 e uma GPU Radeon R7, mas a desenvolvedora citou apenas a mudança de processador.

Mas jogos de Atari precisam disso tudo?

O console, embora tenha design bastante característico e nostálgico, receberá algumas funções bastante modernas — além de títulos do clássico Atari. Segundo a desenvolvedora, streaming de vídeos — como Netflix e YouTube — estarão presentes na plataforma; além disso, espera-se também que seja capaz de reproduzir conteúdo em 4K e permitir que games alcancem 60 quadros por segundo.

Atualmente, o console se encontra em pré-venda no site de crowdfunding Indiegogo. Para acessá-lo, clique aqui.

Cupons de desconto TecMundo: