“Uma mistura de Harry Potter com Sopranos.” Foi assim que Mark Millar, proeminente figura dos quadrinhos, descreveu a minissérie em seis edições que marca a estreia da Netflix no mercado da nona arte. A primeira parte acaba de chegar às bancas estadunidenses e vem com uma surpresinha: quatro diferentes capas que interagem com a câmera de realidade aumentada do Facebook.

A história gira em torno de cinco famílias de magos que protegem nosso mundo contra ameaças fantásticas há várias gerações. De dia eles se parecem como qualquer um de nós, mas à noite se transformam em feiticeiros, bruxos e mágicos.

Os desenhos ficam por conta do francês Olivier Coipel, que conta com uma narrativa cinematográfica e mostrou em títulos do Thor e dos X-Men — e vários outros personagens da Marvel Comics e DC Comics — muito talento em combinar estruturas realistas com imagens surreais.

Confira abaixo uma prévia em forma de motion comics:

“The Magic Order” tem 40 páginas e será distribuída nos Estados Unidos pela Image Comics, a US$ 3,99 cada número, ainda sem previsão de publicação no Brasil. É o início da parceria entre o serviço de streaming e Millar, pois o contrato prevê uma série de adaptações do chamado “Millarworld”, que possui algumas boas séries, a exemplo de “Chrononauts”, “Superior” e “Jupiter’s Legacy”.

Cupons de desconto TecMundo: