Série com Rei Arthur escrita por Frank Miller vai sair do forno da Netflix

1 min de leitura
Imagem de: Série com Rei Arthur escrita por Frank Miller vai sair do forno da Netflix
Avatar do autor

Dentre as maiores histórias do mundo ocidental estão, sem dúvida alguma, aquelas que giram em torno do famoso Rei Arthur e seus cavaleiros da Távola Redonda. Muitos livrosfilmes e obras de todos os tipos de mídia já foram produzidos com esse tema, algumas mais bem-sucedidos, outros nem tanto, mas agora chegou a vez da Netflix ter sua própria versão escrita por ninguém menos que a lenda dos quadrinhos Frank Miller.

Após a morte de sua mãe, ela [Nimue] encontra um parceiro inesperado em Arthur, um jovem mercenário, em uma busca para encontrar Merlin

A própria plataforma de streaming de filmes e seriados revelou hoje (28) informações sobre a nova série “Cursed”, que vai contar a história do rei bretão como vista através dos olhos de Nimue, uma das personagens que permeiam a Matéria da Bretanha e que nas diversas versões existentes acaba se torando a Dama do Lago, a misteriosa personagem que dá a espada Excalibur para Arthur (não confunda: a espada retirada da pedra na lenda raríssimas vezes é descrita como sendo Excalibur; trata-se de uma arma diferente).

Lendas arturianas revisitadas

Segundo a Netflix, a trama segue por essa linha: “Após a morte de sua mãe, ela [Nimue] encontra um parceiro inesperado em Arthur, um jovem mercenário, em uma busca para encontrar Merlin e entregar uma espada antiga. Ao longo de sua jornada, Nimue se tornará um símbolo de coragem e rebelião contra os terríveis Paladinos Vermelhos e seu cúmplice, o Rei Uther”.

A série vai contar com 10 episódios, produção executiva e criação de Frank Miller e Tom Wheeler. A história vai ser baseada em um livro ainda não lançado (que deve sair no fim de 2019) escrito por Wheeler e publicado pela editora Simon & Schuster. Não há informação sobre a data de estreia do seriado.

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Série com Rei Arthur escrita por Frank Miller vai sair do forno da Netflix