Desde que foram introduzidos, os reality shows se tornaram um formato consagrado em todas as partes do globo. Na China os mais populares sempre foram os de competições vocais ou de dança, como The Rap of China, que obteve mais de 2,7 bilhões de visualizações na soma de todas suas plataformas. A chegada de uma outra atração, contudo, vem revelando um  novo padrão crescente: o do interesse do público por atrações envolvendo tecnologia, mais especificamente robôsinteligência artificial (IA).

País quer ser líder mundial de inteligência artificial em 2030 e vem fazendo investimentos para tornar todos os ambientes conectados

Um exemplo é o BattleBots, que nasceu nos Estados Unidos em 2000 e arrebanhou uma legião de fãs em todo o mundo até seu episódio final em 2016, com picos de audiência batendo a casa dos 1,5 milhões de telespectadores. A versão oriental, King of Bots, estreou com sucesso em janeiro em em fevereiro já passou a figurar em segundo lugar entre as opções de entretenimento em 52 cidades, atrás somente de um remake de uma competição de trívia, segundo a varredura da firma de pesquisa CSM.

battlebot china

A gigante chinesa das buscas Baidu se interessou pelo filão e após o término de King of Bots, nesta semana, já pensa em emplacar seu próprio show no serviço de streaming iQiyi, o Clash of Bots, no dia 23 de março. Outra investida, desta vez da Alibaba, estará disponível na plataforma de vídeos Youku, com o nome de This is Bots. Some isso a um recente programa de disputa entre humanos e tecnologias de IA e você vai notar que há mesmo uma mudança no gosto popular.

Isso tudo é consequência dos altos investimentos feitos pelo país nesses setores nos últimos anos. A China vem se tornando líder em automação na indústria e apresentou aumento de 30,4% em produtos relacionados a robôs nesse setor em 2016, incluindo alta de 21,2% em circuitos integrados. E ainda tem o manifesto em que os governantes vêm desenvolvendo planos para tornar expert global em IA em 2030, com conexão em todos os ambientes de convivência da população.

E você, o que acha de mais programas sobre isso na TV aberta brasileira? Deixem suas opiniões nos comentários!

Cupons de desconto TecMundo: