Se você ainda não enjoou dos lançamentos de foguete da SpaceX depois do espetáculo dado pelo Falcon Heavy na semana passada, saiba que um Falcon 9 – um dos três propulsores do “foguetão” da empresa – vai ser lançado ao espaço no próximo sábado (17), da Califórnia, e vai levar para o espaço dois satélites que vão fazer parte da internet espacial, um dos projetos mais ambiciosos de Elon Musk. Além disso, o foguete também vai colocar em órbita um satélite espanhol chamado Paz.

Imagine um planeta, em um futuro próximo, que ofereça sinal de internet em absolutamente qualquer local independente de torres ou outras estruturas desse tipo no chão

Essa estrutura espacial vai ter como objetivo emitir sinal de internet para o planeta todo e vai ser composta por 12 mil satélites, dos quais uma parte vai operar a 1.120 km de altitude e outra a 320 km em frequências diferentes. As sondas vão estar se movendo ininterruptamente em torno da Terra formando uma espécie de rede que dá cobertura a todas as áreas.

A internet do futuro

Imagine um planeta, em um futuro próximo, que ofereça sinal de internet em absolutamente qualquer local independente de torres ou outras estruturas desse tipo no chão. É isso que Elon Musk quer criar e pretende chamar de Starlink, uma possível mina de outro para o empresário. Seus planos incluem uma quantidade de 40 milhões de assinantes dessa internet até 2025 que devem gerar uma renda de até US$ 30 bilhões, ou R$ 97 bilhões.

O projeto Starlink ainda está longe de ser uma realidade, mas esse lançamento vai dar início aos testes e vai mostrar a real possibilidade de isso acontecer no prazo planejado. Seja como for, a probabilidade disso se tornar mais um fruto bem-sucedido da mente genial de Elon Musk continua sendo bem alto.

Cupons de desconto TecMundo: