A facilidade em tirar fotos que os celulares com câmeras digitais proporcionaram geraram uma mania sem precedentes – as selfies, fotos que nós mesmos tiramos dos nossos próprios rostos (é claro que você já sabe disso). Acontece que essa prática espalhou o rosto das pessoas por toda a parte no mundo digital e, como a arte imita a vida – e vice-versa –, uma escultura interativa agora pode exibir sua bela cabeça em um centro de convenções norte-americano.

A obra de arte se chama “as we are”, ou “como nós somos”, em português. Ela foi criada pelo artista Matthew Mohr e está instalada no Greater Columbus Convention Center, em Ohio, nos EUA. Trata-se de uma estrutura de mais de quatro metros de altura capaz de exibir a imagem de um rosto humano completo, juntamente com sua cabeça.

Como faz?

O segredo da tecnologia dessa obra é o leitor facial tridimensional situado na base da escultura. Qualquer visitante que estiver presente no centro de convenções pode ter sua face capturada e exibida na instalação, que é constituída por camadas de telas de LCD que, reunidas, resultam na forma de uma cabeça gigante.

Segundo o artista, sua obra tem como objetivo provocar conversar sobre a identidade das pessoas e nossa sociedade completamente cercada pelas mídias sociais. Para Mohr, “a escultura aborda a relação entre nós e a representação de nós mesmos, sugerindo ao sujeito do retrato que reconsidere sua presença através da ampliação”.

Cupons de desconto TecMundo: