Microsoft até tentou revigorar seu serviço de música ao substituir o nome Xbox Music por Groove Music e aproximar a plataforma com os serviços de streaming. Contudo, o projeto não vingou e muita gente ainda associava com o Zune, antiga marca de media players da companhia de meados de 2000. Agora, a empresa vai mesmo abandonar a ideia e anunciou uma parceria com o Spotify.

Usuários terão 60 dias grátis na transição do Groove Music para o Spotify Premium

“Com o avanço contínuo da transmissão de conteúdo atualmente, toda a música do mundo tornou-se acessível a uma variedade de dispositivos, desbloqueando novas maneiras de descobrir e experimentar canções”, destaca o grupo, que encerra a venda do Groove Music Pass, com previsão para ser descontinuado no dia 31 de dezembro. Até lá os assinantes poderão ser ressarcidos com valores proporcionais e o app deixa de comercializar faixas.

A ideia agora é transferir os usuários para o Spotify, incluindo seus perfis e playlists. A partir da próxima semana um app será distribuído pelo Windows 10 e o programa Windows Insiders, para facilitar esse processo.

Groove Music SpotifyInstruções sobre a mudança estão no blog do Windows

“A partir desta semana, os clientes do Groove Music Pass podem facilmente mover todas as suas listas de reprodução e coleções com curadoria diretamente no Spotify. Além disso, você pode ser elegível para uma avaliação gratuita de 60 dias do Spotify Premium”, complementa a gigante de Redmond. A transição pode ser feita facilmente, com um tutorial a partir do blog do Windows.

Microsoft diz que vai continuar investindo em música

Ainda que o Groove Music esteja desaparecendo, a companhia afirma que vai continuar investindo em faixas para o app do Windows 10, garantindo que os usuários possam acessar seus arquivos em MP3 local ou armazenados no OneDrive.

Quem estiver utilizando o Groove Music em dispositivos móveis também poderá acessar o serviço em nuvem, mas sem a opção de streaming a partir de dezembro.

Cupons de desconto TecMundo: