Não há dúvidas de que o lançamento das Reides e dos pokémons lendários levaram diversos jogadores de Pokémon GO às ruas, algo que tem se mostrado benéfico em vários sentidos – especialmente se observarmos dois estudos divulgados recentemente, nos quais há a menção de que o game da Niantic faz bem tanto para o corpo quanto para a mente dos treinadores.

Segundo um estudo divulgado pela Universidade de Tóquio, o game pode reduzir níveis de estresse, especialmente entre a população trabalhadora. Além disso, esses efeitos não são sentidos apenas por um jogador, na verdade podem afetar até mesmo uma população inteira em alguns casos.

“Pokémon GO pode ser efetivo para diminuir o estresse psicológico encontrado nos trabalhadores. Apesar de esse efeito ser pequeno, o jogo pode ter impactos positivos na saúde mental da população trabalhadora adulta, tanto individualmente quanto na saúde pública e afetar toda a população graças à sua popularidade”, diz o estudo, que levou em consideração dados coletados com 3.915 participantes japoneses.

Pokémon GO

Bom para a saúde

O estudo mencionado acima pega carona em outra pesquisa que aponta que Pokémon GO é capaz de ajudar a melhorar a saúde física dos jogadores, uma vez que exige que a pessoa esteja em movimento para capturar o maior número possível de criaturas.

Caçadores ativos aumentaram a sua contagem de passos em 26% ao longo de 1 mês

“Como o game exige que você caminhe pelas ruas para caçar pokémons, foi percebido que isso aumentou a prática de atividades físicas de vários jogadores. Particularmente, caçadores ativos aumentaram a sua contagem de passos em 26% ao longo de 1 mês, o que diminui as chances de ataques cardíacos e derrames em pessoas com alto risco”, ressaltou a pesquisa.

E você, concorda com os estudos? (Levando em consideração que você não use “fly GPS”) Percebeu alguma melhora na sua saúde por ter ido mais às ruas caçar criaturas raras ou participar de Reides? Deixe a sua opinião no espaço destinado aos comentários.

Cupons de desconto TecMundo: