Esses últimos dias estão repletos de bombas para qualquer pessoa mais velha, saudosista ou que simplesmente acompanha a evolução da internet e da tecnologia há algum tempo. Depois de a Microsoft anunciar o fim do Paint clássico e voltar atrás nessa decisão logo em seguida, devido à comoção dos internautas, foi a vez da Adobe começar a preparar o adeus do Flash.

A empresa disse que esse fim de uma era só deve ocorrer em 2020, mas muita gente já está preocupada com isso. Afinal, apesar de o formato ter sido superado com folga pelo HTML5, de apresentar inúmeras brechas de segurança e de ter seus updates constantes utilizados como iscas por hackers – que substituem o programa por algum tipo de malware –, ele ainda é o responsável por algumas das animações mais icônicas da internet.

Quantas dessas peças você se lembra, hein?

Como já tem uma galera correndo para salvar parte desses tesouros digitais, fazendo o upload desse material no YouTube, o pessoal do The Next Web resolveu compilar algumas das melhores ou mais populares produções em Flash. Reproduzimos abaixo alguns itens dessa lista e completamos o pacote com criações que se destacaram junto ao público brasileiro. E aí de quantas dessas peças você se lembra, hein?

1) Peanut Butter Jelly Time

Não tem como escapar de um verdadeiro clássico que tomou a internet de assalto em 2002. Combinando uma música que não sai da sua cabeça com uma banana dançarina e um texto simples para acompanhar o kit, fica difícil não querer sacodir o popozão ou – dependendo dos seus sentimentos em relação à animação – destruir seus fones de ouvido depois de apertar o botão de Play.

2) Zombo.com

Descrito como o Rick Roll da virada do milênio, esse site feito inteiramente em Flash – como tantos outros da época – usava os recursos dessa tecnologia para tentar vender a ideia de uma experiência mística e revolucionária. A verdade? Essa era apenas uma página maluca que prometia que você podia “fazer de tudo” e que nada era impossível em Zombo.com, mas, infelizmente, só ficava na promessa mesmo.

3) Badger, Badger, Badger

Sua vida não está completa até que você aprecie essa verdadeira obra de arte feita com a ferramenta da Adobe. Texugos, texugos, texugos e mais texugos. Um cogumelo. Uma cobra. Pronto, aí está a combinação perfeita para passar horas curtindo uma música hipnotizante e reproduzida em loop – pelo menos em sua versão Flash.

4) All Your Base Are Belong to Us

Por algum motivo as pessoas acabaram encanando com um erro de tradução no jogo Zero Wing e a frase acabou se tornando um meme que ecoa na web até hoje. O ápice da brincadeira, no entanto, foi essa animação que une uma faixa techno completamente viciante com centenas de imagens editadas no Photoshop. Que maravilha, não é?

5) Salad Fingers

A criação do animador David Firth é o motivo do pesadelo de milhões de internautas desde 2007. Com a série Salad Fingers, Firth mostrou que animações nonsense e completamente assustadoras tinham um potencial altíssimo na web. Afinal, se há algo que desperta o interesse das pessoas na internet esse algo é a história de uma criatura estranha com dedos de salada.

6) Xiao Xiao

Inspirados por Matrix e pelos filmes chineses de kung fu, os episódios da série animada Xiao Xiao costumavam ser uma amostra do que era possível fazer com tempo e dedicação dentro do Flash. As lutas sincronizadas, os perrengues que o herói passava ao enfrentas dezenas de capangas e alguns plot twists precisos fazem com que esses clipes sejam os preferidos de muita gente – até hoje.

7) Avaiana de pau

Criação 100% brasileira e elaborada pela mente insana dos Irmão Piologo – responsáveis também por outras animações no estilo –, Avaiana de pau pode ser tombado como um patrimônio histórico do país. O roteiro completamente surreal, o aspecto educacional e a violência fora dos limites bastaram para arrebatar os brasileiros desde 2014. O sucesso foi tão grande que os próprios criadores colocaram a versão Full HD da obra no YouTube. Riqueza!

8) O cara tossiu!

Esse título é o que a galera da Companhia do Salame entendeu enquanto tentava adaptar uma versão de paródia da música-tema do robô Daileon, do seriado japonês Jaspion. É besta, é infantil e é cheio de palavrões. Porém, ao mesmo tempo, não dá para não rir das legendas e da animação tosca.

9) O jardineiro é Jesus

“E as árveres. Somo. Nozes”. Com essas e outras frases clássicas, a animação que surgiu na web brasileira em algum ponto de 2006 reproduz uma conversa na qual uma das partes está aprendendo a ler e a outra não tem muita paciência com esse processo de aprendizado. Lembrete: quem rir, vai direto pro inferno.

10) A história do pequeno mamute

Ok, por último, temos um verdadeiro clássico! Apesar de a produção não ser originalmente brasileira, essa animação simples, divertida e cheia de personalidade arrebatou o público local e deu origem a diversas versões em português. O mamute pode ser pequenino, mas sua história não deve acabar tão cedo.

--

E aí, sentiu falta de alguma animação Flash clássica nessa lista? Conte para a gente qual é a sua peça favorita nesses moldes e deixe a sua opinião sobre o fim do plugin da Adobe mais abaixo, na seção de comentários.

Cupons de desconto TecMundo: