O que inicialmente surgiu como uma leve brincadeira de 1º de abril em conjunto com a Google acabou tomando forma em 6 de julho de 2016. Nesta data, o público teve acesso a Pokémon GO, game desenvolvido pela produtora Niantic e que dá aos jogadores a possibilidade de capturar as criaturas de bolso.

Bem, no Brasil isso só foi possível de maneira oficial a partir de 3 de agosto, quando o game foi lançado por essas bandas. E se você está com a memória em dia deve se lembrar de como o sistema do jogo era um pouco mais primário, mas ainda assim divertido o bastante para cativar diversos usuários (afinal, acreditamos que você ainda tenha memória dos grandes grupos de pessoas andando por aí em busca de novos pokémons para a coleção).

Se os indícios de várias pessoas nas ruas não eram o bastante para convencer os executivos da Niantic de que a aposta estava dando certo, as cifras obtidas pouco tempo depois certamente seriam fortes para tal. Afinal, quantos jogos conseguiram trazer US$ 160 milhões para os cofres de uma empresa menos de um mês após o seu lançamento (atualmente esse número bateu US$ 1,2 bilhão)?

Você foi capturado por essa febre?

Nem tudo foi festa

Bem, como você deve imaginar nem tudo foi motivo de alegria para a Niantic no começo, especialmente quando lembramos que alguns casos pouco divertidos acabaram sendo associados ao nome do jogo, entre eles morte.

Claro que, no fim das contas, esses detalhes são esquecidos após um tempo, especialmente quando notícias como a mencionada acima compete com a incrível criatividade do brasileiro para nomear as criaturas. Assim, o tempo foi passando e, junto com ele, infelizmente o número de jogadores foi diminuindo.

O tempo foi passando e, junto com ele, infelizmente o número de jogadores foi diminuindo

Evidentemente, a Niantic sabia que precisava se mexer para que a base de jogadores continuasse ativa, e foi aí que começaram a surgir os eventos. Talvez o primeiro que muitos tenham memória seja o de Dia das Bruxas, mas alguns outros também vieram na sequência, como o de Natal, de Páscoa e muitos outros.

O Festival das Águas foi outro evento que agitou a comunidade

Abraçando fãs, estendendo a mão aos novatos

Com o passar do tempo, muitos fãs começaram a cobrar da empresa a adição de novas criaturas e até mesmo a aparição dos pokémons lendários. Estes ainda não marcam presença no game, mas muitos dos monstrinhos da segunda geração foram adicionados ao título em fevereiro deste ano.

E essas não foram as únicas mudanças. Também tivemos a oportunidade de ver frutas sendo adicionadas ao jogo para acrescentar bônus à captura, movimentos para os pokémons antes de serem capturados e até mesmo recompensas diárias para manter os jogadores ativos. Porém, acreditamos que nenhuma dessas adições foi tão aguardada quanto a recente renovação dos ginásios e a adição das raids.

Para aqueles que não estão por dentro, agora os ginásios suportam no máximo seis pokémons sem repetições, e o sistema de prestígio deu lugar a uma barra de motivação. As próprias batalhas ganharam uma animação que antecede cada confronto, e agora você só recebe as Pokécoins depois que o seu monstrinho é derrotado (e limitado a 50 moedas por dia).

Novo sistema de ginásio e indicação de raid por perto

Quanto às raids, essas são áreas nas quais grupos de até 20 jogadores podem se reunir para enfrentar monstros bem mais fortes que os habituais. Elas estão divididas em quatro níveis (provavelmente o quinto seja para os lendários), e oferecem itens inéditos como MT e pokébolas especiais em caso de vitória, bem com a chance de capturar o bicho enfrentado.

Outras duas grandes expansões ainda são aguardadas para este ano

E isso não é tudo: a Niantic ainda promete que futuramente teremos as tão aguardadas trocas de pokémons entre jogadores, e outras duas grandes expansões ainda são aguardadas para este ano. O conteúdo delas ainda não foi revelado, mas não temos dúvidas de coisas boas estão a caminho.

E isso salvou o jogo?

Um ano depois é possível fazer um panorama de como está Pokémon GO. É verdade que a Niantic ainda tem algumas coisas para melhorar no game (alguns efeitos como paralisar e envenenar ainda não foram adicionados), e chega a ser curioso perceber que o título ainda está em versão Beta mesmo depois de todas as atualizações que recebeu.

Também é válido mencionar que outras adições de interações entre jogadores são aguardadas, mas seria injusto dizer que ela não está seguindo na direção certa. Até mesmo eventos, algo que antes estava muito em falta no game, passaram a aparecer com mais frequência, o que nos leva a crer que, de uma forma ou de outra, ela está ouvindo a comunidade.

Cupons de desconto TecMundo: