Sony lança site para financiar projetos criados por funcionários

1 min de leitura
Imagem de: Sony lança site para financiar projetos criados por funcionários
Imagem: First Flight
Avatar do autor

Via de regra, muitas pessoas têm recorrido ao Kickstarter e ao Indiegogo para financiar seus projetos. Ampliando essa lista, temos uma nova página conhecida como First Flight, que foi criada pela Sony e é voltada para ideias criadas por funcionários da empresa japonesa.

O intuito do site (que, no momento, está disponível apenas em japonês e pode ser acessado ao clicar aqui) é promover novas ideias, além de angariar fundos para dar vida a esses projetos e criar conexões capazes de despertar o interesse do público.

Mais que permitir que interessados contribuam com doações, o First Flight também permite que aqueles que contribuíram com doações façam reservas ou comprem diretamente os produtos desenvolvidos por funcionários da Sony.

E o que encontramos por lá?

Por falar em produtos, atualmente há dois disponíveis para compra antecipada. O primeiro deles é um kit "faça você mesmo" de um aparelho inteligente chamado MESH (sigla para Make, Experience, SHare), que está à venda por 5.980 ienes (cerca de R$ 153) e traz alguns dispositivos que podem funcionar como um controle inteligente para lâmpadas e receber outras funcionalidades como as vistas abaixo:

Já o segundo é um relógio com tinta eletrônica que custa 29.700 ienes (aproximadamente R$ 762) e apresenta um conceito capaz de atrair a atenção de várias pessoas, como é possível ver nas imagens que estão a seguir:

Por fim, temos um projeto que está em andamento. Trata-se de um controle remoto chamado HUIS, que vem com a proposta de incluir funções de vários dispositivos em apenas um acessório. Conheça um pouco mais do projeto no vídeo que está abaixo:

Para a produção do HUIS, a meta é obter 5 milhões de ienes, e até o fechamento desta notícia o time já havia obtido 3.1 milhões de ienes, que corresponde a 63% do montante desejado.

Sony lança site para financiar projetos criados por funcionários