Um projeto iniciado no Indiegogo traz uma proposta bastante interessante. Trata-se do No More Woof, um dispositivo que, quando colocado na cabeça de um cachorro, consegue traduzir o que ele está pensando e “falando” em uma linguagem humana.

Para funcionar, o No More Woof conta com uma série de sensores que medem os padrões da atividade cerebral do cão. Estes, por sua vez, são interpretados por um Raspberry Pi instalado no aparelho, que então emite a mensagem traduzida por um alto-falante.

Tradução? Nem tanto

Antes que você pense que o No More Woof é um aparelho completamente revolucionário, lamentamos informar que a situação não é bem assim. Segundo a página do projeto, a versão mais simples do dispositivo, que custará US$ 65 (aproximadamente R$ 150), é capaz de identificar apenas dois ou três padrões simples como cansaço, fome e curiosidade – todos sinais que um bom dono perceberia sem muito esforço.

E quanto a mais cara, de US$ 300 (R$ 700)? Bem, essa promete uma precisão muito melhor, tornando o aparelho capaz de compreender “incríveis” quatro ou mais sensações. É, pode ser melhor para seu bolso apenas prestar mais atenção no seu cachorro...

(Fonte da imagem: Reprodução/Indiegogo)

Caso você tenha se interessado na proposta mesmo assim, vale avisar que o projeto ainda está em seus estágios iniciais de concepção, sem qualquer garantia de gerar resultados, e que o valor investido por você não poderá ser recuperado. Por isso, pense bem antes de usar seu dinheiro no aparelho. Os desenvolvedores do No More Woof, entretanto, preveem resultados dentro de aproximadamente um ano.

Cupons de desconto TecMundo: