(Fonte da imagem: Reprodução/Mobilicity)

Pare e responda: você gosta da sua operadora? Acha que seus preços são justos e considera seu serviço satisfatório? Você pode até guardar certo sentimento especial por ela, mas é bem provável que esse afeto não supere o do canadense Valya Michael. O jovem ama tanto a provedora local Mobilicity que passou a perder noites de sono desde o momento em que descobriu que ela estava prestes a falir – ou ser comprada por alguma companhia rival como a Verizon e a Telus.

Decidido a salvar a companhia e livrá-la de suas devidas dívidas milionárias, Michael resolveu iniciar uma campanha de financiamento coletivo no site IndieGogo para arrecadar incríveis C$ 400 milhões (cerca de US$ 388 milhões ou R$ 873 milhões na cotação atual) em até 30 dias. Com esse modesto montante, o jovem pretende comprar efetivamente a empresa e investir pesado em novas torres de transmissão para melhorar a área de cobertura oferecida.

De acordo com Michael, a Mobilicity é a operadora mais amigável com os consumidores e possui um enorme potencial no mercado. A empresa é conhecida por oferecer planos de internet bastante acessíveis e por não exigir qualquer tipo de contrato por parte de seus utilizadores.

Os prêmios oferecidos aos colaboradores da campanha não são dos melhores – quem contribuir com C$ 50 (R$ 109), por exemplo, terá seu nome listado no site pessoal do canadense e nada mais. Talvez seja por isso que, no momento em que esta notícia foi escrita, Michael já havia arrecadado meros C$ 233 (R$ 508). E você, o que acha? Teria coragem de comprar uma provedora apenas para salvá-la da falência?

Cupons de desconto TecMundo: