A família de Bruno Borges, jovem de 25 anos que está desaparecido desde o final de março deste ano, está com acordo fechado com uma editora para a publicação de livros físicos e ebooks — no caso, Bruno deixou 14 livros criptografados antes de desaparecer em Rio Branco, no Acre.

Ainda não há uma data para a publicação chegar ao mercado

No começo deste mês, a Polícia Civil do Acre encontrou contratos assinados na casa de dois amigos de Bruno Borges. Os contratos também destinavam a renda da venda de 14 livros assinados por Bruno aos amigos. O TecMundo, anteriormente, adiantou a informação de hackers que estavam decodificando as mensagens deixadas pelo jovem, e você pode refrescar a memória entrando neste link.

De acordo com Athos Borges, pai do jovem, os livros serão publicados na ordem estabelecida pelo próprio filho. Ainda não há uma data para a publicação chegar ao mercado — e a editora responsável também não foi revelada. O primeiro livro se chama "Teoria de Absorção de Conhecimentos (TAC)", segundo o G1.

O primeiro livro traz uma metodologia para potencializar a absorção e a criação de conhecimentos

Athos comentou o seguinte sobre a publicação: "Não tem previsão de lançamento, depende da editora. Vai ser lançado [e-book e físico] tudo junto. Dependemos da editora que comprou os direitos. Vai ser feito da maneira dela, ela vai decidir como vai ser o lançamento".

De acordo com a família, o primeiro livro traz uma metodologia "para potencializar a absorção e a criação de conhecimentos". Para isso, uma das práticas seria o isolamento, "capaz de potencializar a espiritualidade e os órgãos sensoriais para gerar insights produtores de conhecimentos", destacou o G1.

Cupons de desconto TecMundo: