Spam é problema mundial

Se o seu filtro de spam é funcional, você provavelmente não vai reconhecer este nome, mas Igor Gusev já deve ter tentado entrar em contato com sua caixa de emails. Segundo o governo russo, ele está sendo procurado por alguns crimes (digitais e não digitais) e pode ficar até cinco anos preso, caso seja encontrado.

Quais os crimes? O principal deles é a utilização da internet para vender remédios falsificados. Se você já encontrou mensagens parecidas com “Viagra 50% OFF” na sua conta, há chances claras de elas serem oriundas do mercado negro de Gusev.

Além de oferecer o medicamento sem receita médica, o russo também é acusado de distribuir amostras ilegais dos medicamentos. Ou seja, em vez de o remédio Viagra ser realmente entregue aos consumidores, eram enviados comprimidos falsificados, fabricados por laboratórios ilegais na Índia.

Anúncios se espalham por todo o planeta

Em resumo, os crimes dos quais Igor Gusev está sendo acusado são: distribuição de propaganda ilegal na internet, exercício da farmacologia sem autorização e operação de negócios sem registro. Todos por meio de sua empresa: Glavmed.com, a maior emissora de spams do mundo (cerca de 200 milhões de mensagens por dia).

No apartamento de Gusev foram encontrados várias caixas de remédios falsos, HDs externos e papéis que podem ser utilizados para que a polícia russa encontre o criminoso. Estima-se que ele tenha faturado mais de 120 milhões de dólares nos últimos anos e que ele já tenha fugido da Rússia.

Cupons de desconto TecMundo: