O ex-chefe de segurança cibernética do departamento americano da Saúde foi considerado culpado nesta terça-feira de ter frequentado sites de pornografia infantil, informou o departamento de Justiça. Timothy DeFoggi, 56 anos, esteve inscrito especificamente - entre março e dezembro de 2012 - em uma página da Internet que propunha a seus membros a troca de fotos de pornografia infantil.

Segundo o departamento de Justiça, DeFoggi sugeriu a outro membro do site violentar crianças e depois matá-las. DeFoggi dirigiu durante algum tempo o serviço de segurança na Internet do departamento de Saúde dos EUA. A pena será proferida no dia 7 de novembro.

Washington (AFP)

Via Em Resumo

Cupons de desconto TecMundo: