A Fujitsu uniu-se à Universidade de Nagoya e anunciou que está trabalhando em uma nova tecnologia de detecção de fraudes por telefone. O crime que ano passado levou até 110 milhões de dólares dos japoneses parece estar com os dias contados.

O sistema utiliza o tom da voz para determinar se a pessoa está nervosa ao falar no telefone, o que pode indicar um alto nível de estresse. Para complementar, o programa analisa as palavras utilizadas durante a conversa, para verificar a possível ocorrência de um golpe em que os bandidos geralmente alegam ter sequestrado algum conhecido da vítima.

O principal alvo dos criminosos são pessoas idosas, que são mais suscetíveis ao golpe. Caso um possível crime seja detectado, o programa lança um alerta aos familiares da vítima. A Fujitsu vai testar a tecnologia com o Banco de Nagoya e a Agência Nacional de Polícia, que possui muitas dessas ligações criminosas gravadas em um banco de dados.

Cupons de desconto TecMundo: