Fruto da compra da fabricante de acessórios Raptor (ocorrida no já distante ano de 2012), o Corsair Raptor HS40 é um headphone que promete conciliar uma boa qualidade de áudio com um preço acessível — algo não exatamente comum no mercado de produtos voltados ao público gamer.

Apresentando uma conexão USB e a capacidade de trabalhar com áudio virtual na mixagem 7.1, o dispositivo chegou recentemente à redação do TecMundo, o que nos deu a oportunidade de testar exaustivamente o que ele tem a oferecer. Confira nossas impressões sobre o produto e, após finalizar a leitura, não se esqueça de registrar sua opinião sobre o assunto em nossa seção de comentários.

Especificações técnicas

Headphones

  • Resposta de frequência: 20 Hz a 20 kHz
  • Impedância: 32 ohms @ 1 kHz
  • Drivers: 40 milímetros de neodímio
  • Extensão do cabo conector: 2,7 metros

Microfone

  • Tipo: unidirecional com cancelamento de ruídos
  • Frequência: 100 Hz a 10 kHz
  • Impedância: 2,2 k ohms
  • Sensibilidade: -42 db (± 2 dB)

Compatibilidade

  • PC com entrada USB 2.0 ou superior
  • Windows 7, Windows 8, Windows Vista ou Windows XP
  • Conexão à internet (para download do software específico)
  • Preço médio: entre R$ 221 e R$ 319

Design

Apresentando a cor preta com detalhes em roxo, o Corsair Raptor HS40 possui o visual-padrão que se espera em um headset. O dispositivo apresenta duas conchas acústicas com tamanho generoso que envolvem as orelhas. Isso garante não somente que o acessório fique preso de maneira firme à cabeça do usuário, mas também proporciona uma sensação de uso confortável, mesmo após diversas horas jogando, ouvindo músicas ou assistindo a vídeos.

Um dos quesitos que se diferenciam no produto é a maneira como as saídas de som se encaixam à sua haste ajustável. Em vez de ficarem fixas (como acontece na série de acessórios Vengeance), elas ficam ligeiramente soltas e podem ser rotacionadas levemente, o que garante um melhor encaixe.

Localizado ao lado da caixa acústica esquerda, o microfone maleável pode ser dobrado de forma a captar melhor o som da voz do usuário. Caso você não deseje utilizá-lo, basta dobrá-lo para cima, atitude que faz com que a captura de sons seja desativada automaticamente pelo headset.

Por fim, o Corsair Raptor HS40 apresenta um conector USB 2.0 convencional e, em seu cabo, dispõe de controladores de volume e um botão responsável por ligar ou desligar o microfone. Um sistema de iluminação ajuda a distinguir os momentos nos quais esse recurso está ou não ativo, exibindo a cor azul quando ele está acionado e um tom vermelho quando permanece desativado.

Embora construído exclusivamente em plástico, o acessório em nenhum momento parece barato, adotando linhas retas que ajudam a passar uma sensação de resistência. Uma das vantagens de a fabricante ter optado por esse material é o fato de isso resultar em um produto bastante leve, característica que contribui para torná-lo confortável.

Para completar, o Corsair Raptor HS40 apresenta um cabo com um comprimento generoso, o que permite utilizá-lo facilmente mesmo que o dispositivo esteja conectado à parte traseira de seu computador.

Instalação e software

Graças ao uso da conexão USB, não há qualquer segredo na instalação do Corsair Raptor HS40: basta conectar o dispositivo ao computador e aguardar enquanto o Windows instala automaticamente o driver nativo do produto através do Microsoft Update. No entanto, para explorar tudo o que o produto tem a oferecer, é preciso baixar o software proprietário desenvolvido pela fabricante.

Através do controlador do headset, você pode ajustar o volume das caixas acústicas e do microfone ou ajustar a mixagem de um equalizador digital — que já conta com predefinições como “Audiófilo”, “FPS Gaming” e “MMO Gaming”. Ao acionar a opção “Bypass”, você pode escolher três tipos diferentes de som virtual 7.1: “Hall”, “Cinema” e “Studio”, cuja diferença básica é a proximidade da fonte de volume escolhida (caso você queira escutar músicas, sugerimos desligar essa opção para preservar a qualidade da experiência).

Desempenho

Mesmo sendo considerado um dispositivo de entrada, o Corsair Raptor HS40 apresenta um desempenho capaz de superar headsets que custam o dobro de seu preço. Embora o dispositivo tenda a favorecer tons graves, ele consegue reproduzir com competência frequências agudas e médias — embora as últimas acabem sendo perdidas em alguns momentos.

Isso significa que, caso você deseje usar o produto para participar de partidas multiplayer online de jogos de tiro ou assistir a filmes de ação, não haverá do que reclamar. Explosões e tiros são reproduzidos de maneira competente, e o sistema de surround virtual — embora imperfeito — ajuda a indicar o posicionamento dos elementos que aparecem em tela.

No entanto, o dispositivo não é exatamente a melhor opção para as audiófilos que desejam escutar suas músicas favoritas exatamente da forma como elas foram desenvolvidas em estúdio. Isso não quer dizer que a experiência oferecida pelo dispositivo não seja competente, mas sim que a maneira como ele reproduz as faixas faz com que o som de determinados instrumentos “se perca” um pouco no processo.

Já o microfone do headset se destaca por sua grande sensibilidade e por conseguir cancelar muito bem ruídos exteriores. Embora não se iguale em matéria de qualidade a produtos especializados, o dispositivo garante uma comunicação clara com os membros de seu time durante a jogatina online, além de ser uma boa opção para quem grava podcasts e não pode investir muito em um equipamento mais poderoso.

Outro ponto que chama a atenção é a intensidade de volume com que o gadget é capaz de trabalhar: em sua configuração máxima, o produto é realmente alto e certamente deve provocar danos ao sistema auditivo de quem abusar de sua potência. Levando em consideração a faixa de preço na qual o Corsair Raptor HS40 se encaixa, é difícil encontrar outros produtos “para gamers” que apresente um desempenho tão competente.

Vale a pena?

Combinando de maneira competente os fatores qualidade sonora e preço acessível, o Corsair Raptor HS40 é uma das melhores opções de atualidade para quem quer um “produto gamer”, mas não está disposto a investir muito nisso. Confortável e eficiente, o dispositivo pode não ser perfeito, mas cumpre muito bem as funções a que se propõe, chegando a bater o desempenho de fones que podem custar quase o dobro.

Apesar de termos críticas quanto à qualidade sonora do produto durante a reprodução de músicas, elas em nenhum momento chegam a incomodar. Já naquilo a que o produto se propõe: ajudar a detectar o posicionamento de inimigos e explosões em jogos online, não há do que reclamar — o Surround virtual 7.1, embora não seja exatamente a opção ideal, cumpre muito bem o seu papel em ajudar o jogador a detectar pelos sons o que está acontecendo a seu redor.

Encontrado por preços que variam entre R$ 220 e R$ 350, o produto da Corsair é uma das melhores opções da categoria disponíveis atualmente no mercado brasileiro (podendo sair até mais barato caso seja importado). Se você tiver a oportunidade, recomendamos ao menos testar o aparelho — as chances de gostar do que ele oferece e optar por uma compra são bastante altas.

Cupons de desconto TecMundo: