(Fonte da imagem: Reprodução/VB)

O design final do controle do Xbox One apresenta alterações singelas quando comparado ao do joystick de seu console precedente. Saiba, porém, que centenas de protótipos foram elaborados pela equipe da Microsoft; mais de US$ 100 milhões foram gastos nessa empreitada. Mas o que o novo controlador poderia ter apresentado de tão especial aos gamers?

Acontece que, inicialmente, o time de desenvolvimento da companhia pensou em adicionar recursos curiosos ao controle: alto-falante, câmera, touchpad, display, um dispositivo capaz de emitir cheiro e até mesmo um pequeno projetor poderiam ter sido incluídos na versão final do joystick do novo video game da Microsoft.

“Construímos pequenas cápsulas com diferentes tipos de cheiros que poderiam, na realidade, ‘sair’ do controle”, diz Sulfi Alam, gerente-geral de acessórios da empresa. O foco do projeto, contudo, não era fazer do tal controle uma peça multimídia – explorar as experiências possíveis a partir do aperfeiçoamento dos modos de TV foi a principal intenção da Microsoft.

(Fonte da imagem: Reprodução/VB)

“Fez mais sentido [não fazer o jogador olhar para baixo], mantendo a atenção do usuário na TV. Nós realmente queremos que os gamers fiquem imersos na experiência que está acontecendo em frente a eles. E você estaria queimando bateria como se não houvesse amanhã”, explicou ainda Alam.

Mãos de ouro

Sugerir a reformulação do bem quisto controle consagrado pelo Xbox 360 foi uma ideia ousada. Então por que a mudança? “Sabíamos que poderíamos melhorar algumas coisas, mesmo tendo o ‘melhor controle’ de classe”, comenta Quintin Morris, designer industrial sênior da Microsoft.

(Fonte da imagem: Reprodução/VB)

“Tudo bem. Vão em frente e invistam neste espaço, mas certifiquem-se de fazer os testes e revisar tudo. Assegurem-se de levar os protótipos em frente. E tenham certeza de testá-los em ‘mãos de ouro’”, explica Adam em referência à ordem recebida sobre a reformulação do projeto de design do controle.

Mas, afinal, quem são as “mãos de ouro”? Para a Microsoft, são os dedos de gamers hardcore. Isso não significa, contudo, que apenas jogadores experientes testaram os experimentos. Mais de 500 pessoas tiveram a oportunidade de colocar o novo controle à prova – “gamers de todas as idades, com todos os tipos de habilidades”, conforme assegura Alam.

“Para qualquer companhia, quando você gasta esse monte de dinheiro, você tem de ter certeza de fazer um produto maravilhoso. Este time estava apostando sua carreira nisto. Todos estávamos”, revela também o gerente de acessório da Microsoft.

O Xbox One será lançado no Brasil neste próximo dia 22.

Via BJ

Cupons de desconto TecMundo: