Seja em sua versão para o Xbox One ou na variante para PC, o sensor mais atual do Kinect e seu kit de desenvolvimento de software gratuito já permitem que os produtores de conteúdo façam aplicações interativas capazes de reagir aos gestos, movimentos e comandos de voz das pessoas com eficiência. No entanto, ainda é preciso lidar com desvantagens como a necessidade de uma sala grande para que o sensor fique em uma boa distância do usuário.

Agora, a equipe de pesquisa da Microsoft está trabalhando em um novo sistema de rastreamento de mãos em tempo real baseado em apenas uma câmera de profundidade, que pode ser inserida até em dispositivos móveis. “O sistema pode reconstruir precisamente posições complexas das mãos sobre uma variedade de áreas. Ele permite um rastreamento robusto, recuperando-se rapidamente de quaisquer falhas temporárias”, explica a empresa.

Segundo os pesquisadores, a novidade é altamente flexível e apresenta melhorias dramáticas com relação às tecnologias anteriores para cenários de manipulação frontal em curtas distâncias. A Microsoft afirma que o rastreamento com distâncias que vão de dezenas de centímetros até vários metros permite o uso da tecnologia para controle de TVs, operação de dispositivos móveis, e headsets de realidade virtual, por exemplo.

No seu artigo a respeito da tecnologia, o time da Microsoft fornece uma série de informações técnicas e detalhes sobre análises qualitativas e quantitativas, sugerindo que a novidade chega a ser mais precisa que o Leap Motion. Você pode conferir mais informações sobre o trabalho dos pesquisadores no texto original, disponível neste link (em inglês).

Cupons de desconto TecMundo: