Se você não se lembra muito de suas aulas de Física – ou não assistiu a muitos episódios do seriado The Big Bang Theory –, então é provável que já tenha se esquecido do efeito Doppler. Esse fenômeno bastante documentado causa mudanças na frequência de ondas sonoras conforme a fonte do som se aproxima do ouvinte – em outras palavras, é por causa dele que o som de uma ambulância parece mudar conforme ela chega mais perto ou se afasta de você.

O efeito Doppler já é tão conhecido que serve como base para aparelhos que já se tornaram parte do nosso cotidiano, como os satélites espaciais e os radares de velocidade. Por mais que o fenômeno seja datado, no entanto, mentes criativas continuam dando usos verdadeiramente criativos para ele – inclusive no seu notebook ou computador pessoal.

Um time da Microsoft explorou o efeito em 2012, quando conseguiu usar autofalantes e um microfone comum para identificar gestos manuais como rolagem de páginas, toques, pinças e rotações. A técnica consiste basicamente de emitir uma frequência sonora inaudível para o ouvido humano pelas caixas de som e capturar seu eco com o microfone. Quando o som bate em um objeto em movimento, sua frequência muda e isso é percebido pelo computador.

Mãos na massa... ou no ar

Ainda que os resultados dos pesquisadores da Microsoft fossem promissores, a iniciativa não havia dado frutos e foi vista apenas como uma “encenação de apoio” para destacar o sensor Kinect. A coisa só mudou de figura quando o estudo da gigante dos computadores foi visto por um estudante sueco de ciências da computação chamado Daniel Rapp, que resolveu duplicar seus resultados e acabou criando um site bastante interessante.

Na página, você pode encontrar uma série de demonstrações de recursos baseados no efeito Doppler. Caso sua máquina tenha caixas de som e um microfone funcional, é possível fazer a página rolar para cima e para baixo, aumentar e diminuir um quadrado, tocar um Theremin – instrumento musical eletrônico – ou simplesmente acompanhar enquanto o computador rastreia suas mãos se movendo freneticamente.

Por mais que não seja completamente aplicável a todos os sites e não funcione na maioria dos dispositivos móveis, a demonstração do site de Rapp certamente é uma prova de conceito bastante interessante. Caso seja aprimorada, a técnica poderia eventualmente expandir o controle por gestos para vários tipos de aparelhos. Enquanto isso, você pode acessa a página com as demonstrações clicando aqui.

Cupons de desconto TecMundo: