A máscara

Fonte da imagem: Tuvie

Principalmente durante epidemias, é comum que milhares de habitantes de vários países sejam obrigados a usar máscaras, para evitar o contágio pelas vias aéreas. Na maioria das vezes, quanto mais eficiente a máscara, mais estranha ela é, como a N95, mais conhecida por máscara bico de pato.

A empresa Bluemask teve uma ideia para mudar esse paradigma: a máscara da imagem acima oferece “conforto, liberdade e estilo”. Ela usa pequenas ondas eletrostáticas capazes de parar grãos de poeira de até 0,3 micrometros. Além disso, ela é equipada com sensores Bluetooth, para manter o usuário conectado em seus aparelhos.