Biolamp limpa o ar do ambiente

Fonte da imagem: The Design Blog

O designer húngaro Peter Horvath desenvolveu um conceito de poste de luz feito não apenas para iluminar as ruas das grandes cidades, mas também para melhorar o ar que respiramos. A Biolamp suga o dióxido de carbono nocivo e o converte em ar puro e combustível para carros não poluentes.

Uma espécie de líquido feito com alga, quando misturado com água é o responsável pela transformação. Na parte maior do poste entra o dióxido, sendo processador nos espirais internos e depois devolvido ao ambiente na forma de oxigênio, por meio da parte menor.

Durante o dia, a lâmpada se utiliza da luz do sol para completar as fases e processar o dióxido com a alga. Uma vez saturada, esta biomassa é enviada para a estação de coleta mais próxima, através de canos subterrâneos, assim sendo transformada em combustível limpo.

Sistema da Biolamp

Fonte da imagem: The Design Blog

A energia necessária para manter o poste de luz funcionando também pode ser retirada do resíduo transformado e que ainda está armazenado na parte interna, uma vez que o processo não se completa durante a noite.

Por se tratar de um conceito, ainda não se sabe quando algo do gênero poderá ser disponibilizado em nossas cidades. Entretanto, seria bom que grandes centros urbanos como São Paulo, Nova Iorque e Hong Kong, alguns dos mais poluídos do mundo, possam respirar um ar um pouco melhor e ainda iluminar ruas das partes mais movimentadas.