Uma bazuca inofensiva é o conceito vencedor do James Dyson Award, um concurso para estudantes de design de produtos, design industrial e engenharia da Austrália, Áustria, Bélgica, Estados Unidos, Canadá e mais 13 países.

Mais do que não causar danos, a Longreach, como é chamada a bazuca, pode salvar quem estiver se afogando. A “arma” dispara um projétil feito de espuma hidrofóbica que se expande rapidamente ao atingir a água, aumentando em até 40 vezes o seu tamanho dentro de pouquíssimo tempo. O projétil pode ser disparado em uma distância de até 150 metros.

O estudante responsável pelo conceito, Samuel Adeloju, de 24 anos, receberá um prêmio no valor de 10 mil libras. A Universidade de New South Wales (Sidnei), onde Samuel estuda,  também receberá  10 mil libras. Além disso, o estudante terá a chance de visitar o centro de pesquisa, design e desenvolvimento da Dyson e aprender mais com os designers da instituição.

Longreach, uma bazuca que não machuca e ainda salva vidas

Fonte: James Dyson Award

A inspiração para a Longreach veio do treinamento que Adeloju recebeu durante o período militar, quando lançadores de granadas e sinalizadores foram apresentados ao estudante.

"Depois de aprender sobre a tecnologia de propulsão de lançadores de granadas, eu tive que encontrar um produto químico capaz de expandir em até 40 vezes o seu tamanho, dento de 15 segundos contados a partir do momento que tocasse na água. Depois de meses de teste eu percebi que espuma hidrofóbica funcionava, e logo depois disso o conceito foi desenvolvido”, conta o criador do conceito.

Visando a produção em massa de sua invenção, Samuel já está em negociação com a Surf Life Saving Australia, uma força de salva-vidas, e com a Westpac Rescue, um serviço de busca e resgate com helicópteros.

Fonte: James Dyson Award