Muitos games clássicos criaram um futuro em que carros de corrida não vão mais precisar de rodas, pois se locomovem flutuando ao utilizar os propulsores energéticos. Caso não esteja se lembrando de nenhum título em que isso tenha ocorrido, nomes como F-Zero, Wipeout e Star Racing são alguns dos mais famosos.

Andrew Solesbury, um designer norte-americano, decidiu aproveitar os projetos que estes jogos criaram para lançar sua própria criação. Trata-se do Libellula, um protótipo gráfico que coloca todos estes conceitos em apenas um monoposto (tipo de veículo que permite que apenas uma pessoa fique dentro dele, como carros de Fórmula 1).

Altas velocidades

Divulgação: Andrew Solesbury

Libellula ganhou este nome devido às características do inseto inspirador. As anisópteras possuem a capacidade de se movimentar com suas asas para todas as direções, podendo inclusive parar no mesmo local, assim como fazem os beija-flores e os (um pouco mais tecnológicos) helicópteros.

Caso este projeto venha a ser concretizado no futuro, as corridas poderão ganhar muito mais adrenalina e velocidade. O projeto ainda não passa de imagens criadas pelo designer, mas é bom lembrar que há 30 anos celulares com acesso à internet também ainda não eram nem imaginados.