(Fonte da imagem: Behance)

Não, ele não é um monstro que ingere as impurezas do nosso mundo moderno. A Indigo Tower é um conceito de prédio que ajuda a purificar o ar de nossas cidades por meio de uma combinação de técnicas solares passivas e nanotecnologia avançada. O projeto é da 10 Design, empresa de arquitetura baseada em Hong Kong.

A torre arranha-céu “suga” a sujeira e as bactérias do ar. A reação de limpeza é desencadeada pelo uso de um nano revestimento de dióxido de titânio (TiO2) no revestimento exterior da torre. O TiO2 é um agente oxidante muito forte provocado por uma reação fotocatalisadora (que envolve absorção de luz).

Durante o dia, a reação é alimentada naturalmente pela luz solar, agindo sobre o revestimento de dióxido de titânio. À noite, a reação é mantida por uma série de luzes ultravioletas que são alimentadas por energia coletada a partir de painéis fotovoltaicos (que criam tensão elétrica após ficarem expostos à luz) durante o dia.

Já imaginou se a maioria dos prédios de nossas cidades contassem com essa tecnologia?