O avanço técnico visto no mundo dos computadores pessoais deve resultar em máquinas capazes de reproduzir gráficos fotorrealistas em questão de 5 anos. É o que afirmou Richard Huddy, técnico da AMD, em uma entrevista concedida recentemente ao site PCR.

“Chegamos a um ponto onde os gráficos dos PCs de alto desempenho estão se aproximando do fotorrealismo de uma forma impressionante”, afirmou Huddy. “Não quer dizer que eles consigam enganar sempre, mas eles são surpreendentes quando comparamos onde estávamos há quatro anos”, complementa.

“Iremos preencher essa lacuna, e provavelmente dentro de cinco anos seremos capazes de produzir jogos fotorrealistas em cenários limitados. E isso é bom, porque, cada vez que me perguntavam sobre esse assunto, eu dizia sempre que o fotorrealismo só chegaria daqui a pouco mais de dez anos”, explica o técnico.

Hubby também afirma que o cenário de desenvolvimento está melhor para aqueles interessados em quebrar as barreiras da plataforma. “Nos últimos 10 anos, desenvolvedores conseguiram lidar com a transição de um único núcleo para dois, e então para quatro. Eles têm dificuldades em usar seis ou oito núcleos no PC, mas eu acredito que o fim das barreiras artificiais que estavam no caminho e a dependência do Open GL e do DX 11 ter sido eliminada é uma ótima notícia”, afirma.

Via BJ

Cupons de desconto TecMundo: