A NASA, a Google e a Universities Space Research Association anunciaram que a parceria entre o trio na área da computação quântica será prolongada por mais sete anos. Isso significa que tanto a gigante da tecnologia quanto a agência espacial norte-americana continuarão unidas em um centro de pesquisas em busca do que mais há de potente no assunto.

A fabricante canadense D-Wave continuará fornecendo hardwares relacionados a computadores quânticos por sete anos, incluindo os que forem inventados nesse período. A primeira novidade é o D-Wave 2X, o mais rápido do mundo na categoria.

A computação quântica possui fragilidades, como a necessidade de operar a temperatura baixíssimas. Ainda assim, além de fazer muito bem e em larga escala as tarefas de supercomputadores (como cálculos de algoritmos, por exemplo), ela é bastante visada para a resolução de problemas complexos de otimização de sistema e controle de grandes plataformas.

A Google vai usar a tecnologia para buscar melhorias no mecanismo de buscas, em reconhecimento de fala e inteligência artificial. Ao mesmo tempo, faz pesquisas por conta própria na área da computação quântica.

Para a NASA, o interesse está em controle de missão e missões espaciais não tripuladas.

Cupons de desconto TecMundo: