A computação quântica é um assunto que desperta a atenção de várias pessoas ao redor do mundo. Ela é encarada como o “próximo passo” dos avanços tecnológicos e supostamente conseguiria prover as respostas que os equipamentos tradicionais não conseguem fornecer. Uma prova do quão interessante esse tema pode ser é o investimento que gigantes da tecnologia fazem para ver o sonho se tornar realidade.

Através de um comunicado em seu site oficial, a IBM afirma ter dado um passo importante na criação do primeiro computador quântico que funciona na prática. Pesquisadores da empresa criaram um circuito composto por quatro qubits – a versão quântica dos bits de computadores tradicionais – capaz de identificar erros que impediam o avanço da tecnologia.

O novo circuito da IBM é composto por quatro qubits - a versão quântica dos bits de computadores tradicionais.

Avanço importante

“É uma evolução crítica”, comentou Jay Gambetta, líder do departamento de computação quântica da IBM. “Esse campo está se tornando competitivo, mas podemos dizer que é uma corrida que acaba de começar. Cada pequeno passo em nossa jornada é importante”, pontuou.

Parece simplório, mas os pesquisadores têm motivos para comemorar. A computação quântica é um processo bastante frágil e qualquer erro pode jogar todo o trabalho no lixo. Vibrações, luminosidade e variações de temperatura são aspectos que têm grande influência para conseguir criar uma máquina assim.

IBM dá um passo importante na criação do primeiro computador quântico na prática.

O problema dos erros

Ainda de acordo com Gambeta, esse pequeno passo vai ser muito importante para a evolução da tecnologia. “Conseguimos ver onde os erros estão ocorrendo. Tornando o quadrado [desenho do circuito] maior, é possível ampliar o número de informações passíveis de serem vistas e corrigi-las”.

Um dos maiores obstáculos da computação quântica é a dificuldade de verificar os valores dos qubits – que podem assumir 0 ou 1 ao mesmo tempo – e, consequentemente, corrigir erros. Mesmo que esse passo importante da IBM não corrija totalmente o problema, o novo circuito se mostra um avanço importante na criação de uma nova arquitetura de computadores.

Cupons de desconto TecMundo: