Android: 6 formas de tirar screenshotsQue tal vários desses trabalhando juntios? (Fonte da imagem: Reprodução/Samsung)

Você já deve ter lido a respeito daquelas redes de computadores que funcionam aproveitando a velocidade de processamento de várias máquinas para realizar cálculos extremamente complexos. Estes são os chamados grids e há vários exemplos de sua utilização, como o World Community Grid, que lança mão de PCs de voluntários do mundo inteiro para buscar a cura de várias doenças.

Com base nesse conceito de juntar o processamento de vários dispositivos, a Universidade Técnica de Braunschweig, na Alemanha, desenvolveu uma maneira de conectar celulares com o sistema Android e fazê-los trabalhar juntos em prol de um só aparelho.

Por meio de ligações Wi-Fi, os estudiosos juntaram seis gadgets, cada um com capacidade de realizar 5,8 milhões de cálculos por segundo. Trabalhando em conjunto, eles conseguiram criar uma rede capaz de atingir performances de até 26,2 milhões de cálculos.

Como o conceito funcionou muito bem durante os testes da Universidade, agora, os pesquisadores buscam uma maneira de aplicar a ideia de forma prática no dia a dia das pessoas. E as mais diversas aplicações já foram pensadas para esse novo grid.

De acordo com eles, passageiros de um trem poderiam conectar os seus gadgets em uma rede interna dentro do veículo. Assim, ele ganharia uma grande capacidade de processamento e, com isso, poderia trazer informações extremamente precisas sobre a sua localização ou a previsão do tempo, por exemplo.

Outros já tiveram ideias ainda mais “mirabolantes”, como a realização de flashmobs em locais específicos para a quebra de senhas da rede Wi-Fi. Melhor ainda: que tal se você e os seus irmãos, no futuro, puderem juntar os seus celulares para criar um computador superpotente dentro de casa?

Fonte:  New Scientist e Gizmodo

Cupons de desconto TecMundo: