Agora que a Samsung renovou a sua linha de smartphones intermediários premiu, a gente resolveu comparar o novíssimo Galaxy A5 (2017) com o Moto Z Play, o concorrente mais próximo que temos hoje no mercado Brasileiro. Se você estava em dúvida entre esses dois smartphones, vale a pena conferir a nossa comparação e, quem sabe, descer do muro e escolher um dos dois.

É interessante notar que o segmento dos intermediários premium surgiu há pouco tempo, logo quando os tops de linha começaram a ficar muito caros. Isso gerou um espaço entre os melhores smartphones de cada marca e os seus intermediários comuns. Os premium chegaram para preencher esse buraco, trazendo algumas características dos top de linha para o mundo dos aparelhos mais básicos e mais baratos.

Versão do Sistema OperacionalAndroid 6.0.1 MarshmallowAndroid 6.0 Marshmallow
Tipo de TelaSuper AMOLED com 16 milhões de coresSuper AMOLED com 16 milhões de cores
Tamanho de Tela5.5 polegadas5.2 polegadas
Resolução de Tela1920 x 1080 pixels1920 x 1080 pixels
ChipsetQualcomm MSM8953 Snapdragon 625Samsung Exynos 7880 Octa
Memória RAM3 GB de RAM3 GB de RAM
Armazenamento Interno32 GB32 GB
Cartão de MemóriamicroSD, expansível até 256 GBmicroSD, expansível até 256 GB
Câmera Traseira16 MP, abertura f/2, pixels de 1.3µm, com autofoco a laser e resolução máxima de 4608 x 3456 pixels16 MP, abertura f/1.9, com resolução máxima de 4608 x 3456 pixels
Capacidade de Bateria3510 mAh3000 mAh

Design deixa isso mais claro

O que pode ajudar você a entender melhor isso é a questão do design. Intermediários premium possuem design e qualidade de construção muito similar aos dos top de linha ao passo que contam com um hardware interno mais próximo dos intermediários. Esse é o caso do Galaxy A5 (2017) e também do Moto Z Play. Ambos são smartphones bonitos e se parecem muito com os aparelhos carro-chefe de suas fabricantes, o Galaxy S7 e o Moto Z, respectivamente.

Contudo, o dispositivo da Samsung leva vantagem aqui. Ele não apenas é mais bonito, mas também tem uma qualidade de construção superior. O acabamento em vidro curvado nas tampas frontal e traseira ajuda a fazer o smartphone passar uma sensação mais confortável na mão, e o acabamento metálico é praticamente impecável.

Por outro lado, o Z Play parece ser mais resistente a quedas, apesar de não podermos testar isso para ter certeza. Mesmo assim, o Galaxy tem certificação IP68, que garante resistência à água e poeira. O celular da Lenovo fica apenas na resistência a respingos.

Mas a história é diferente em desempenho

Enquanto o celular da Samsung sai na frente em design, o da Lenovo ultrapassa a linha de chegada antes quando o assunto é desempenho. O Moto Z Play registrou números melhores em todos os benchmarks que fizemos e também tem uma interface muito mais ágil. Ele ainda consegue alternar entre apps mais rapidamente.

Isso é curioso, especialmente pelo fato que o Z Play ter sido lançado antes do A5. Portanto, ele tinha tecnologia mais antiga à disposição quando foi desenvolvido. Mesmo essa diferença numérica sendo notável, no dia a dia, você praticamente não percebe discrepâncias entre os dois smartphones ao lidar com tarefas cotidianas ou mesmo games intermediários.

Qual Android?

O Z Play leva vantagem outra vez na comparação por ter o Android mais atualizado. Ele recebeu há um tempo o Nougat 7.0, enquanto o smartphone recém-lançado da Samsung ainda está no 6.0 Marshmallow, uma versão do SO da Google que já está há quase dois anos no mercado.

É muito provável que a coreana atualize seu smartphone novo nos próximos meses, mas o fato de fazer o lançamento com um software tão defasado é realmente um ponto negativo. Em contrapartida, a interface que a coreana aplicou sobre o sistema melhorou muito em relação ao que vimos no ano passado. Ela está mais simples, mais bonita e mais ágil. Ainda não é o Android puro, mas já oferece uma experiência de uso muito agradável.

Muito tempo longe da tomada

Em nosso teste de bateria, o Galaxy A5 (2017) se saiu muito melhor que o Moto Z Play

Em nosso teste de bateria, o Galaxy A5 (2017) da Samsung se saiu muito melhor que o celular da Lenovo, o Moto Z Play. Nas mesmas condições de execução de vídeo com brilho da tela no máximo e WiFi ligado, conseguimos espremer 14 horas de autonomia no A5 contra 8 horas do Moto Z Play. É uma diferença bem alta, mas vale destacar que, no dia a dia, ambos conseguem fazer um dia e meio de uso moderado, com o modelo da Samsung passando para quase dois em algumas situações bem econômicas.

Por isso, se você quer um aparelho para não ficar grudado em tomadas por aí, o A5 é uma opção mais interessante. Ainda assim, ambos possuem carregamento rápido, o que é uma adição muito bem-vinda.

A melhor foto

As fotos do A5 ficam mais vívidas, mas a estabilização do Moto Z Play é melhor

A melhor foto é normalmente feita pelo smartphone da Samsung, mas o Moto Z Play não fica muito atrás. O A5 consegue representar melhor as cores e também captura mais detalhes em cada captura. No fim das contas, as fotos do A5 ficam mais vívidas. Entretanto, a estabilização do Moto Z Play é melhor, e a ocorrência de fotos borradas é bem menor. Borrões, na verdade, são um problema um tanto recorrente no modelo da Samsung.

Contudo, o app de câmera da coreana é muito superior. Você consegue fazer boas fotos no modo automático e tem a possibilidade de controlar um monte de recursos profissionais da câmera no modo Pro. Há também filtros, efeitos, HDR e tudo mais. É realmente muito interessante ficar mexendo em tudo o que a câmera do A5 oferece. No lado da Lenovo, a simplicidade é que manda, mas isso não significa que no aparelho da Samsung as coisas sejam compiladas.

Por exemplo, para abrir a câmera do A5 (2017), você aperta duas vezes o botão home. No Moto Z Play, sacode o celular com um movimento giratório do pulso.

A questão do preço

O quesito “preço” é um dos mais importantes nesse comparativo, e o Moto Z Pay leva esse ponto para casa. Mesmo tendo um desempenho melhor e uma tela maior, ele está mais barato. É possível comprar um desses por algo em torno de R$ 1,8 mil, quando o Galaxy A5 (2017) sai por R$ 2,1 mil. Contudo, esse é o preço de lançamento oficial da Samsung, que deve baixar em breve. Vale destacar que o Z Play era ainda mais caro em seu lançamento.

Quando os preços ficarem bem próximos, o A5 vai acabar se tornando a melhor escolha

Quando ambos estiverem na mesma faixa de preço, vai se destacar o aparelho que oferecer a melhor seleção de benefícios e, como o aparelho da coreana tem uma tela melhor, bateria de maior duração e câmera tão consistente quanto a do Moto Z, é possível que ele acabe fazendo mais sucesso, ainda mais se levarmos em conta o design.

Hoje, com o Moto Z Play saindo mais barato, a gente recomenda que você fique com ele em vez de investir no celular da Samsung. Mas quando os preços ficarem bem próximos, o A5 vai acabar se tornando a melhor escolha.

Cupons de desconto TecMundo: