Hoje em dia, independente do aparelho ou do sistema operacional escolhido, muitas pessoas utilizam uma conta Google em smartphones ou tablets, principalmente por conta do Gmail. E isso é algo bom, já que essa plataforma de email é uma das mais eficientes e com maior capacidade de armazenamento que podemos encontrar de forma gratuita.

O que nem todo mundo sabe é que a Google conta com outro serviço ligado a esta conta (independente do uso dela), que tem a função de armazenar dados sobre os locais que você visita. Isso é feito com a ativação do Gmail ou Google+, por exemplo, em diferentes locais, sendo que essas posições são gravadas através do Google Maps.

Utilidade vs. Privacidade

De acordo com as informações fornecidas pela própria gigante das buscas, este serviço só funciona com a permissão do usuário — mas há relatos de gente que tinha este histórico de localização sem nem saber sobre ele. Os dados guardados abrangem somente os últimos 30 dias, de maneira que não há um acúmulo descomunal de informação.

Assim como algumas pessoas podem imaginar, essa espécie de backup pode ser bastante útil, já que você pode encontrar aquele restaurante misterioso que visitou por acidente na semana passada ou algo deste gênero. Contudo, o sistema também pode ser considerado bastante invasivo e desnecessário — isso depende da opinião de cada um.

Por conta desta segunda possibilidade, o Tecmundo preparou um tutorial para que você saiba como desabilitar o serviço. Confira todos os passos necessários abaixo.

Escondendo os lugares em que você esteve

Em primeiro lugar, quando logado na sua conta Gmail, tudo o que você precisa fazer é clicar aqui para acessar a página com o seu histórico de navegações. No canto superior direito, você tem a opção da acessar o perfil utilizado — clique nessa alternativa.

Na próxima página que abrir, procure pelo botão “Início”, no canto superior esquerdo da sua tela, e clique nele. Um pequeno menu vai aparecer, sendo que você precisa clicar na opção de “Configurações”, como mostra a imagem abaixo.

Em seguida, role até o final da página com as opções de configuração da sua conta. Logo acima da alternativa para desativar o seu perfil, há uma área designada para “Configurações de local”. Clique nela para desativá-la (ou ativá-la, se for este o seu caso).

Calma, ainda tem mais...

Ao desativar o recolhimento de dados por parte da Google, você não vai apagar o histórico dos últimos 30 dias de locomoção. Dessa maneira, é necessário que você siga mais alguns passos breves para que essas informações também sejam deletadas da sua conta.

Antes de qualquer coisa, clique aqui novamente para acessar a página com o seu histórico de locomoção. Em seguida, vá até o canto esquerdo da página e selecione para que o mapa mostre os passos dos últimos 30 dias.

Com isso, sempre que um registro de locomoção aparecer, você vai contar com a opção de deletá-lo, localizada logo abaixo do calendário mostrado — você pode apagar apenas um dia ou o histórico inteiro, vai depender do que você quer esconder da Google ou de alguém próximo a você. Simples, não é?

No Android

Você também pode desabilitar o serviço em questão em aparelhos que rodem o Android 4.1 ou alguma versão superior. Os passos são:

  • Abra as Configurações Google através do seu aparelho;
  • Role até achar a opção “Acesso às localizações” e torne este trabalho inativo.

No iOS

Siga os passos abaixo para o caso de você utilizar o sistema mobile da Apple:

  • Acesse as "Configurações";
  • Toque em "Privacidade";
  • Depois em “Serviços de Localização”;
  • Por último, desative a opção do Google Maps.

Cupons de desconto TecMundo: