(Fonte da imagem: iStock)

Para quem está usando um aparelho Android pela primeira vez, uma das características mais interessantes trazidas pelo sistema operacional é a possibilidade de usar vários métodos de bloqueio de tela distintos.

É aí que a maioria dos “iniciados” no mundo do Android podem se perguntar: para que serve cada um deles? Para aqueles que ainda não sabem quais as vantagens trazidas por essas ferramentas, basta seguir este tutorial, que traz tudo que você precisa saber sobre o assunto.

Como fazer

Antes de poder configurar a segurança do seu Android, você deve, primeiro, chegar até a área de controle do bloqueio de tela. Isso pode ser feito com facilidade: abra o menu “Configurações” e acesse Segurança > Bloqueio de tela.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Nessa área, você vai encontrar seis opções diferentes para configurar a trava do aparelho:

  • Nenhuma: desativa a função de bloqueio de tela;
  • Deslizar: método que destrava o Android simplesmente deslizando o dedo de um lado a outro da tela. Neste modo também é possível ter acesso rápido a alguns aplicativos do sistema;
  • Desbloqueio facial: utiliza a câmera do aparelho para detectar seu rosto e destravar o aparelho. Porém, pessoas parecidas com você podem desbloqueá-lo “acidentalmente”;
  • Padrão: cria uma senha através de um padrão de ligação de pontos. Apenas tome cuidado para não deixar esse padrão visível na tela pelas marcas de seus dedos;
  • PIN: permite que você utilize uma senha numérica para bloquear seu aparelho;
  • Senha: cria uma senha usando um código que pode envolver letras, números e outros caracteres, sendo considerado o mais seguro dos métodos.

Com exceção do “Desbloqueio facial”, que conta com um método de destrave secundário para o caso do reconhecimento falhar, só é possível selecionar um dos métodos para bloquear a tela. Por isso, escolha bem qual deles usar.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

.....

Agora que você sabe como cada um dos sistemas de bloqueio de tela funcionam, basta escolher um deles e configurá-lo corretamente para manter a segurança de seu aparelho.

Também vale lembrar que alguns dispositivos contam com outras ferramentas de bloqueio exclusivas para proteger o acesso de terceiros, como é o caso do Galaxy S3 e seu sistema de destrave por movimento.

Fonte: DroidLife

Cupons de desconto TecMundo: