Passagens aéreas quase não tiveram desconto na Black Friday

1 min de leitura
Imagem de: Passagens aéreas quase não tiveram desconto na Black Friday
Avatar do autor

A composição dos preços de passagens aéreas é diferente da que estamos acostumados a ver em smartphones e eletrônicos. Vários fatores podem fazer com que os preços flutuem ao longo de uma semana normal e, nos dias que antecederam a Black Friday, a situação não foi diferente.

Entretanto, um levantamento realizado pelo site Kayak mostra que, na prática, praticamente não houve desconto ao consumidor final ou, quando isso ocorreu, os lotes de passagens com preços promocionais eram tão limitados que o passageiro ficou com a sensação de que nada ocorreu.

Voos internacionais estavam mais caros. Um voo para Las Vegas, por exemplo, partindo de São Paulo, custava R$ 3.537 no dia 25 de novembro e estava sendo vendido ontem a R$ 4.626. Valores mais altos também foram percebidos em simulações para São Francisco, Buenos Aires, Cancun e Londres.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Passagens aéreas quase não tiveram desconto na Black Friday