O anúncio do fim do e-Sedex, a modalidade de entrega dos Correios mais barata e exclusiva para vendas feitas pela internet, deixou muita gente irritada. Para muitos consumidores, a extinção dessa categoria resultaria em fretes mais caros e, em última instância, poderia causar prejuízos também às lojas virtuais.

Apesar dessa ideia quase generalizada, ela não representa a opinião de um especialista no assunto. Para Bruno de Oliveira, criador do blog Ecommerce na Prática, que oferece dicas sobre comércio eletrônico, o fim do e-Sedex não resultará em problemas para o varejo online brasileiro.

Especialista acredita que o fim do e-Sedex não trará impacto negativo para o e-commerce

“Apesar do receio, não haverá impacto, pois os Correios se prepararam para essa mudança”, comenta Oliveira. “Existe uma nova modalidade de Sedex em funcionamento para o e-commerce, com três tabelas. Hoje, os preços são até melhores.”

Ainda na avaliação do especialista, nem mesmo os pequenos lojistas que atuam na internet brasileira devem ter grandes problemas. Apesar de eles sentirem mais o impacto dessas mudanças, elas “não representam o  fim para o pequeno empreendedor, pelo contrário”, fazendo referência às políticas de reorganização do portfólio de produtos anunciada pelos Correios.

Cupons de desconto TecMundo: