Christopher Lee, o lendário intérprete de Drácula e atualmente mais conhecido como o vilão Saruman da saga "O Senhor dos Anéis", morreu no domingo, aos 93 anos, informou à AFP nesta quinta-feira o cartório do bairro londrino de Kensington e Chelsea. "Posso confirmar que em 8 de junho expedimos um certidão de óbito de Christopher Lee, morto em 7 de junho", afirmou uma fonte do cartório sem revelar mais detalhes.

Lee se tornou mundialmente famoso por sua interpretação do legendário vampiro em 11 filmes, o primeiro deles em 1958. Apoiado em sua imponente presença e voz profunda, se especializou em personagens malvadas, de Scaramanga no filme da saga James Bond, "007 contra o homem da pistola de ouro" a Saruman, em "O Senhor dos Anéis", passando pelo conde Dookan em dois episódios de "Star Wars".

O ator recebeu em 2009 o título de Sir em reconhecimento por sua longa carreira de várias décadas, em que apareceu em mais de 250 filmes e produções de TV. "Toda uma nova carreira se iniciou quando entrei para 'O Senhor dos Anéis' e 'Star Wars'", declarou Lee, explicando como estes filmes serviram para acabar com o vínculo de sua imagem a Drácula.

"O que é realmente importante para mim, como pessoa mais velha, é que sou conhecido por minha geração e a geração seguinte, que também me conhece", acrescentou. Lee era um herói para fãs do gênero de terror e, por extensão, dos amantes de heavy metal. O ator vários trabalhos do gênero, o último deles chamado "Metal Knight", lançado em maio de 2014.

"Associo o heavy metal à fantasia pelo tremendo poder que transmite", afirmou Lee, cuja voz grave é inconfundível. Em dezembro de 2013, o ator se transformou no intérprete mais idoso, com a canção "Jingle Hell", a atingir o hit parade dos Estados Unidos.

LondresReino Unido

Via EmResumo.

Cupons de desconto TecMundo: